hostconect.net
Jornal do Brás Advertisement
Início
29-Mai-2020
 
 
Menu Principal
Início
Edições Jornal do Brás
Notícias Jornal do Brás
Expediente
Links
Contato
Procurar
A História do Jornal
Jornalista Edu Martellotta
Cadastro de Empresas
Onde estamos
Campanha de Assinaturas
Jornal "O Braz"
Aniversário do Brás
Revista O Brazinha
Edições Jornal do Belém
EDIÇÃO 385 - 2ª quinzena de abril/2020
Image                                      

Jornal do Belém Ed 2 - 12/03/2020
Image  
Redes Sociais
Image


Jornal do Brás

 

Image

 

Jornal do Brás

 

 

Image

 

Tarde de Chá

Login





Esqueceu a senha?
Sem conta? Criar Conta!
Estatísticas
Visitas: 7959412
Difusão de Notícias
Flash de Notícias

A partir de agora estarão disponiveis para downloads as Edições do Jornal do Brás e do Jornal do Belém em pdf, para que o internauta leia na íntegra os nossos jornais. Entre na seção de Edições Jornal do Brás e Edições Jornal do Belém do menu principal.

Caso não tenha um leitor de PDF, entre em www.adobe.com e baixe a última versão do Adobe Reader.

Webmaster

 
Curiosidades
Classificação: / 0
27-Abr-2020
Image

 

Apelido no Brasil, Alcunha em Portugal

 

No BRASIL a palavra “APELIDO” significa várias coisas, sobre o nome de alguma pessoa, geralmente em acontecimentos na Infância, bem como, na idade adulta ou até na velhice e chegando até a pessoa ser desconhecida pelo NOME e firmada pelo APELIDO.

Como seja: brincadeira, destreza, vexame, verdade, pureza, religiosa, habilidade, formas, nas quais aconteceu ou acontece com pessoas.

Assim sendo, as pessoas, tanto no masculino como no feminino, são conhecidas por esses atos acontecidos e os nomes próprios muitas vezes são desconhecidos, como alguns exemplos:

PELÉ, FORMIGA, ZÉ BOQUINHA, MANTEIGA, CARRAPATO, MADUREIRA, CHUPETA, ZECA DURO,  PADRECO, DUREZA, e assim sendo nomes até esquisitos, os quais irão perdurar até o falecimento das pessoas.    

Posso dar um exemplo acontecido comigo em PORTUGAL, quando viajei anos atrás para a terra do meu Pai em TRÁS-OS-MONTES/PORTUGAL, Aldeia de CARÇÃO/VIMIOSO e quando eu me apresentava para alguém, ninguém conhecia pelo nome ADRIANO COSTA, mas sim pelo APELIDO, que em PORTUGAL tem o nome de “ALCUNHA” , como seja: eu dizia , minha família tinha a  A L C U N H A  TAL, assim as pessoas diziam “ Sim conheço ou conheci “.

Portanto, APELIDO NO  BRASIL é : Designação de  alguma coisa ao Nome e em PORTUGAL  é o NOME FAMILIAR, já em PORTUGAL esses acontecimentos ao nome são conhecidos como A L C U N H A, palavra que vem da ERA DOS MOUROS, que invadiram PORTUGAL e expulsaram os ROMANOS no ano de 711 da era do Calendário Romano até o Ano de 1452, na Era do Calendário Gregoriano e em acordo com PORTUGAL se retiraram para a ÁFRICA, na MAURITÂNIA E MARROCOS.

 

Adriano Augusto da Costa Filho, nasceu no Brás, foi ponta-esquerda camisa 11 do Esporte Clube Estrela do Pari com credencial de 1954, é Poeta, Jornalista e Escritor e presidente do Conselho Fiscal e Consultivo da Federação Paulista de Tênis.

 

 

 
Pandemia registra onda de OVNIs
Classificação: / 0
27-Abr-2020



Eduardo Martellotta

Em meio a esta pandemia do Covid-19, ufólogos de todo o mundo e a população em geral notaram um aumento nos casos de avistamentos de OVNIs - Objetos Voadores Não Identificados nos céus de vários estados do Brasil e em outras partes do mundo.
Segundo o ufólogo Edison Boaventura Jr, presidente do GUG - Grupo Ufológico de Guarujá, em contato com o Jornal do Brás, no Estado de São Paulo houve reportes de luzes misteriosas na Capital, em Peruíbe, Ribeirão Preto, Tatuí, Campinas, Jaú e outras cidades. Todavia, disse Edison, muitas pessoas estão confundindo as luzes com os 60 satélites Starlink da SpaceX lançados no espaço em novembro último, e visíveis em várias partes do nosso País - eles são um cordão de luzes que contém tecnologia 5G, utilizada para testes de internet em velocidade de conexão superior à já existente, sobre a qual vários cientistas do mundo alertam para a gravidade do 5G na saúde humana.
Para saber mais sobre os satélites que passam em formação, parecendo um trenzinho luminoso, pode verificar os dias e horários de sua passagem pelos céus no site: 
www.heavens-above.com.
Mas, os casos mais impressionantes de OVNIs e que não têm nada a ver com satélites, evidenciam objetos voadores cilíndricos de dezenas de metros de comprimento, asseverou Edison Boaventura Jr. "Tais fenômenos estão sendo testemunhados por várias pessoas em Porto Rico, México, Estados Unidos, Rússia, Espanha, dentre outros países e, no Brasil na cidade de Tatuí - SP, um OVNI cilíndrico também foi filmado em pleno dia em 4 de abril de 2020, sendo observado por vários moradores do bairro Jardim Manoel de Abreu", reportou ele.

Explosões solares
Perguntado pelo Jornal do Brás se a pandemia teria alguma correlação com a intensificação de avistamentos, o pesquisador Edison não acredita nessa hipótese. "Entretanto, a volta das explosões solares pode ter alguma ligação, pois existem hipóteses que afirmam que quando tais eventos solares ocorrem, existe uma incidência maior de observações em nosso planeta".

Tecnologia 5G, maléfica ao ser humano
A SpaceX pretende usar a Starlink para fornecer um serviço de acesso rápido à Internet em qualquer lugar do planeta. Atualmente, mais de 240 satélites estão em órbita. Ao ser perguntado se teria alguma correlação com a pandemia, Edison disse: "Os satélites não têm nada a ver com a pandemia que é causada pelo coronavírus que usa uma proteína em forma de agulha que se acopla à ACE2 como uma chave na fechadura e aí, causa a disfunção no nosso organismo, levando a óbito os seres humanos, nos casos mais agressivos. Saliento que, mais perigoso é a tecnologia 5G, que segundo estudos científicos, pode baixar a imunidade e em alguns casos mais graves, trazer um câncer as pessoas que ficam expostas a estas ondas. Então, poderíamos dizer que o 5G associado a pandemia de coronavírus pode afetar sobremaneira a quantidade de pessoas  nos países que já detém o 5G".
É importante que fiquemos atentos a todos os acontecimentos, pois certamente estamos passando por um período atípico, cercado de isolamentos e cuidados, salientou o ufólogo. "Após este cenário passar, o Humanidade será transformada e valorizará mais a sua vida e o amor ao próximo. Quem viver, verá". Contatos com Edison Boaventura Jr pelo e-mail 
Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email

 

 

Image

 

 

 

 

Satélite Starlink

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Image

 

 

 

OVNI visto em Tatuí no dia 4 de abril

 

 

 

 

 

 

 

 

Image

 

 

 

 

Ufólogo Edison Boaventura Jr



 

 
No outono, é possível tratar melhor das varizes
Classificação: / 0
27-Abr-2020


Segundo especialista, a menor exposição solar ajuda a evitar manchas na pele e o uso da meia elástica é mais confortável neste período


Com a entrada do outono, tratar das varizes e vasinhos, aquelas veias finas avermelhadas ou azuladas que costumam incomodar, fica mais fácil e tranquilo. A melhor época do ano para fazer tratamento, segundo o cirurgião vascular Dr. Gilberto Narchi Rabahie, é o inverno, entretanto, o clima do outono é ameno, com períodos sem sol e uma opção para quem já quer se adiantar e não esperar pela época mais fria do ano. O especialista explica que a exposição ao sol deve ser evitada após o tratamento, uma vez que existe um pequeno risco de hipercromia, ou seja, de manchas na pele. “Como no outono a exposição ainda é branda, é uma opção de período para lidar com este incômodo”, afirma.

Além disso, se o tratamento incluir a microcirurgia de varizes, o uso de meias elásticas pode ser necessário, o que é mais fácil com a temperatura mais baixa. Mesmo que o tratamento seja feito para melhorar o aspecto estético, é preciso uma avaliação médica para checar vasinhos visíveis ou, ainda, a possibilidade de haver varizes e microvarizes.

Mesmo que o paciente apresente vasinhos ou ainda tenha uma veia aparente, segundo o especialista, isso não é o bastante para afirmar que ele não tenha a doença. “Alguns sintomas devem ser observados, como cansaço ou sensação de peso nas perdas, que podem ser acompanhados de inchaço. Só uma avaliação médica pode dizer se o paciente pode ter insuficiência venosa crônica, pois são checados diversos sintomas”, explica Dr. Gilberto.  “Também avaliamos antecedência da doença na família e a predisposição do paciente vir e desenvolver varizes no futuro”, completa.

 

Como prevenir as varizes?

Falta de atividades físicas regulares e obesidade podem contribuir para o surgimento de varizes. Atividades físicas de baixo impacto podem ajudar na prevenção. “Cada indivíduo tem sua estrutura vascular para suportar sua própria carga, por isso, é importante cuidar do sobrepeso”, afirma Dr. Gilberto.

Outras maneiras de prevenir as varizes e os vasinhos é controlar o peso, ter uma alimentação balanceada e evitar ficar na mesma posição por muito tempo – sendo recomendado levantar e andar um pouco, caso trabalhe sentado ou mesmo em uma viagem longa de avião. “Também alerto sobre o uso da meia elástica. Ela é muito útil para aliviar os sintomas, mas não deve ser utilizada sem avalição de um especialista”, afirma o cirurgião vascular.

Outra dica é ter cuidado na hora de usar anticoncepcional. “Só um médico pode recomendar a pílula adequada. Este é um alerta importante e ter explicações corretas podem ajudar as mulheres”, sugere Dr. Gilberto.  “Repouso com as pernas elevadas ajuda no retorno venoso e sempre tratar varizes e vasinho com cirurgião vascular”, conclui.

Fonte: Agência Contatto

 

Image

 

 

 

 

 

 

Dr. Gilberto Narchi Rabahie/Divulgação

 

 
<< Início < Anterior | 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 | Próximo > Final >>

Resultados 9 - 12 de 6109
Enquete
Que lugar é o símbolo do Brás?
 
Usuários On-line
Utilidades Públicas
Fones da Região
Subprefeituras
Poupatempo
Busca CEP
Links Úteis
Parceiros

Image











Image


 



Image 

 

 

 

 

Image

 

 

Image

 

 

 

 

 

 

 

Image

 

 

 

 

Image

 

 

 

Image

 
Top! Top!