hostconect.net
Jornal do Brás Advertisement
Início
24-Ago-2019
 
 
Menu Principal
Início
Edições
Notícias
Expediente
Links
Contato
Procurar
A História do Jornal
Jornalista Edu Martellotta
Cadastro de Empresas
Onde estamos
Campanha de Assinaturas
Jornal "O Braz"
Revista O Brazinha
Aniversário do Brás
EDIÇÃO 369 - 2ª quinzena de agosto/2019
Image                     

Redes Sociais
Image


Jornal do Brás

 

Image

 

Jornal do Brás

 

 

Image

 

Tarde de Chá

Login





Esqueceu a senha?
Sem conta? Criar Conta!
Estatísticas
Visitas: 6363755
Difusão de Notícias
Flash de Notícias

Gostaria de receber nossas novidades? cadastre-se aqui e receba o nosso newsletter, sempre ficará por dentro de tudo do nosso jornal. Agora se realmente quer novidades sobre nossas edições e atualizações de nosso site em tempo real, adcione o nosso feeds RSS no seu programa predileto de leitor de notícias.

 
AG MADEIRAS – CAÇULA DA VÁRZEA
Classificação: / 9
04-Fev-2009
Image

Outra loja que está no famosíssimo polo madeireiro do Brás é a AG Madeiras, fundada em 1994 pelos atuais proprietários, Antonio Guirado, o Toninho, e Gilbraz Pinheiro Carneiro. Ela abriu suas portas três meses depois, na rua do Gasômetro, 557.

Aos 13 anos, a AG Madeiras é especializada em portas, janelas, fechaduras e dobradiças. Entre os produtos do momento, está o MDF Canalitado.

Empresas de porte como Sabesp, Cia Suzano, General Motors e Volkswagen estão entre os clientes da AG. Também atende algumas Prefeituras, através de licitações públicas.

Em janeiro de 2000, a empresa fundou um time de futebol chamado Esquadrão AG Madeiras, o Caçula da Várzea, que em pouco tempo, chegou quatro vezes às semifinais da Copa Kaiser sagrando-se campeão em 2005. Conquistou ainda a Copa Canarinho. O atual técnico do Esquadrão da AG é o Gilbraz, orgulhoso dos troféus conquistados. Até então era o goleiro do time, com o nome de Sarola.

O depósito da AG Madeiras fica na rua da Mooca, 1296, e na rua Martim Burchard, ao lado do Metrô Brás. Já o show room está na rua Calim Eid, 557 na Penha logo após o Extra Hipermercados.

Toninho e Gilbraz não puderam comparecer ao jantar em dezembro, e então receberam na própria empresa o título de Empresário Empreendedor 2008.

 
Galeria Popular Oriente comemora dois anos de sucesso
Classificação: / 4
04-Fev-2009
Image

A Galeria Popular Oriente hoje é um sucesso no Brás. Ela solucionou o problema da informalidade diurna para centenas de ambulantes. Desde sua inauguração, ocorrida em 24 de fevereiro de 2007, eles passaram a ter condição digna e honesta de trabalho durante o dia.

Na presidência da Galeria Popular Oriente está o paulista de Cândido Mota, o advogado Ailton Vicente de Oliveira. Todos os lojistas são devidamente cadastrados na Prefeitura e pagam um aluguel simbólico na Galeria.

Hoje a Galeria tem 21 oficinas e 126 lojas no andar superior já funcionando a partir deste mês de dezembro. No 1º pavimento, 287 lojas que iniciaram o complexo, completam o bonito e convidativo espaço da Galeria Oriente, num total de 434 famílias.

A Galeria Popular Oriente fica na rua Rodrigues dos Santos, 190 quase esquina com a rua Oriente.

O início foi difícil, muito difícil. E agora, no próximo dia 24 de fevereiro de 2009 a Galeria irá completar 2 anos de sucesso, graças à confiança no empreendimento.

Impossibilitado de comparecer ao jantar do Jornal em dezembro, o Dr. Ailton Vicente de Oliveira recebeu o título Empresário Empreendedor 2008 na própria Galeria Popular Oriente.

 

 
Federações terão seguro para os atletas
Classificação: / 1
04-Fev-2009
ImageImage

Eduardo Cedeño Martellotta

Fotos: Gil Cabral

No último dia 4 de dezembro no Hotel Holiday In, aconteceu o 1º Encontro de Dirigentes do Esporte, promovido pela Secretaria Nacional de Esporte de Auto Rendimento e Confederação Brasileira de Esportes Radicais – CBER.

Segundo Sérgio Nascimento, gerente comercial da Porto Seguro, o objetivo do encontro foi apresentar o pacote seguro para os atletas, incluído de seguro de acidentes pessoais e seguro de vida, com capital pré-determinado (capital da vida do atleta). E focar a parte de responsabilidade civil (o que está em risco dentro de cada um dos eventos), para determinadas provas. “Estamos verificando junto aos presidentes das federações quais são as modalidades para análise do risco e onde é o local de prática destas modalidades. Para cada uma das federações será feita uma análise do risco”, explicou.

Paulo Penna, sócio diretor da 3D Consultoria em Seguros, empresa voltada para gerenciamento de riscos e atividades de corretagem de seguros, explicou que cada evento é muito distinto com relação a exposição ao risco. “Saber diferenciar uma modalidade da outra para precificar aquilo que necessita. Quanto mais gente tiver, mais pode se dissolver o risco”.

Mauzler Paulinetti, presidente da União das Federações Esportivas do Estado de São Paulo – UFEESP, disse que da maneira que o esporte está se profissionalizando, há uma necessidade de se preocupar com o todo. “Tudo pode acontecer, independente de qual modalidade, seja um ataque cardíaco ou uma epilepsia. Podemos subir um patamar a mais levando por profissionalismo”, disse, acrescentando que este é o primeiro encontro das federações com apoio do Ministério do Esporte, continuando no dia seguinte com seminários abrangendo temas como captação de recursos, perfil do dirigente, planejamento estratégico, tecnologia da informação em prol do esporte e outros.

 

Image

Futebol feminino quer crescer no Estado

Também presente no encontro de dirigentes, Bruno Crossi, mais conhecido por Bolão, presidente da Liga Paulista de Futebol Feminino, criada, segundo ele, para levantar o esporte em São Paulo. “Só se fala em futebol feminino, quando a seleção brasileira joga”, lamenta. Ele informou que está na fase final o campeonato da liga, com 32 equipes, com 740 atletas, com alto nível técnico, inclusive com times do Brás.

Bolão acha que a mídia deveria dar mais espaço para o futebol feminino, da mesma forma que dá para o masculino. A Liga possui um convênio com o Estado, no Baby Barione, com a criação da primeira Escola Pública do futebol feminino no Brasil. “Temos um grupo com quase 70 meninas, com profissionais qualificados, tudo gratuitamente”.

Bruno é ex-jogador de futebol, jogou 12 anos no salão e também no campo, inclusive fora do País. Ele atuou por clubes como Palmeiras, Eternit, Bordon, vários clubes da Bahia e Sergipe e Vale do Paraíba, acumulando 28 anos de futebol. Bolão tem carinho especial pelo Brás – seu filho, Vinícius, o Vinão, nasceu na Maternidade do Brás e está indo para o Corinthians. Contatos pelo e-mail Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email .

 
<< Início < Anterior | 1361 1362 1363 1364 1365 1366 1367 1368 1369 1370 | Próximo > Final >>

Resultados 5441 - 5444 de 5656
Enquete
Que lugar é o símbolo do Brás?
 
Usuários On-line
Temos 11 visitantes on-line
Utilidades Públicas
Fones da Região
Subprefeituras
Poupatempo
Busca CEP
Links Úteis
Parceiros

Image











Image


 



Image 

 

 

 

 

Image

 

 

Image

 

 

 

 

 

 

 

Image

 

 

 

 

Image

 

 

 

Image

 
Top! Top!