hostconect.net
Jornal do Brás Advertisement
Início
23-Mai-2019
 
 
Menu Principal
Início
Edições
Notícias
Expediente
Links
Contato
Procurar
A História do Jornal
Jornalista Edu Martellotta
Cadastro de Empresas
Onde estamos
Campanha de Assinaturas
Jornal "O Braz"
Revista O Brazinha
Aniversário do Brás
EDIÇÃO 362 - 1ª quinzena de maio/2019
Image            

Curta-nos, siga-nos
Image


Jornal do Brás

 

Image

 

Jornal do Brás

 

 

Image

 

Tarde de Chá

Login





Esqueceu a senha?
Sem conta? Criar Conta!
Estatísticas
Visitas: 5837053
Difusão de Notícias
Teatro homenageia uma das grandes figuras do humorismo brasileiro
Classificação: / 0
13-Out-2008

Por Eduardo Cedeño Martellotta

Neste mês, completam-se 100 anos do falecimento de Arthur Nabantino Gonçalves de Azevedo, que dá nome ao teatro localizado na Mooca, na av. Paes de Barros, 955.

Nascido em São Luiz do Maranhão, em 7 de julho de 1855, Arthur foi introdutor do teatro musicado no País, autor de mais de 70 peças, quase todas de comédias de costumes. Atuou como jornalista e em muitos casos escrevia sob pseudônimo. Além de poeta, contista, teatrólogo, escreveu mais de cem comédias. Seu irmão, Aluízio Azevedo, foi autor de importantes romances, a exemplo de “O Cortiço”.

Arthur também foi membro fundador da Academia Brasileira de Letras. Faleceu em 22 de outubro de 1908, pouco antes do término da construção do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, pela qual sempre lutou.

O Teatro Arthur Azevedo, inaugurado em 2 de agosto de 1952, é considerado pelos moquenses um patrimônio cultural e importante ponto de referência, marcante tanto na paisagem urbana quanto na cultural.

 
Centro Espírita aborda a Reencarnação
Classificação: / 1
13-Out-2008

Por Eduardo Cedeño Martellotta

Dia 29 de setembro último o Centro Espírita José Barroso (rua Inácio de Araújo, 255, bairro do Brás ) recebeu a visita do ilustre psicólogo, conferencista e escritor Jon Aizpúrua, da Universidade Central da Venezuela. Ele proferiu palestra intitulada “A Reencarnação Explica?”.

No evento, Jon disse, entre outras coisas, que reencarnação não é ressurreição. A primeira significa as sucessivas encarnações de um Espírito, através de sua jornada evolutiva. Já ressurreição é o retorno ao mesmo corpo físico, explicou.

 

ESTUDO AMERICANO SOBRE REENCARNAÇÃO

Ele lembrou ainda de um projeto de investigação da Universidade da Virgínia, nos EUA, no qual foram diagnosticados 2.000 casos de recordações espontâneas de vidas anteriores em crianças. Estas lembranças também podem ser trazidas à tona por meio da hipnose (conjunto de técnicas para provocar alterações de consciência). A terapia de vidas passadas é muito usada para solucionar fobias, medos, conflitos pessoais, familiares e profissionais e curar doenças psicossomáticas, entre outros casos. No caso do Espiritismo, disse Jon, é aplicada nos casos de obsessão, que é a interferência negativa de um ser desencarnado (que já deixou o corpo físico) sobre um encarnado (cujo corpo ainda não pereceu).

De acordo com ele, em uma pesquisa do Gallup, também nos EUA, 40% da população americana afirmava acreditar na reencarnação. “Muitas pessoas têm o erro de achar que foram, em suas vidas passadas, um Sócrates, Platão, Napoleão Bonaparte ou algum rei”, lembrou Jon. “Cada vida nossa tem experiências novas e enriquecedoras. O importante não é o que fomos no passado, e sim, o que somos hoje e seremos amanhã’, finalizou o psicólogo venezuelano.

 

 
Brás lembra o poeta lírico Casimiro de Abreu
Classificação: / 0
13-Out-2008

Brás lembra o poeta lírico Casimiro de Abreu

 

Por Eduardo Cedeño Martellotta

A rua Casimiro de Abreu, no Brás, homenageia um admirável poeta lírico brasileiro, Casimiro José Marques de Abreu, nascido em São João da Barra-RJ, no dia 4 de janeiro de 1837 e morto a 18 de outubro de 1860.

Seus versos, de uma beleza espontânea, impressionam pela simplicidade e estilo puro a gosto da alma popular.

Casimiro obteve seu primeiro emprego na casa comercial de seu pai, profissão essa que o desagradava. Seu pai aborrecido pela inclinação de seu filho, enviou-o a Europa em novembro de 1853. Fixou residência em Lisboa. Longe da Pátria e sofrendo profunda nostalgia, o poeta, aos poucos foi definhando, até sentir os primeiros sintomas da tuberculose. Escreveu em 1854, "Canções do Exílio" e, dois anos depois, "Camões e Jaú". Regressando ao Brasil, gravemente enfermo, procurou, na serra de Nova Friburgo alívio para a saúde. No ano de 1859, quando o poeta escreveu uma coletânea de belíssimos versos, intitulada: "Primaveras", firmou-se definitivamente como poeta brasileiro. Escreveu os mais admiráveis versos: "A Virgem Loura", "Camilla", "Meus Oito Anos", "Minha Mãe", "Rosa Murcha" e "Saudade". Sua existência foi um desejo eterno de felicidade íntima, serena e bucólica; viveu entre os pássaros, as águas e as árvores do bom Deus, sem grandes torturas, nem outras cogitações que não fossem a família e a poesia.

Casimiro de Abreu faleceu na Fazenda de Indaiaçu em Nova Friburgo, Estado do Rio de Janeiro com apenas 23 anos de idade, em 18 de outubro de 1860. É o patrono da cadeira nº6, criada por Teixeira de Melo.

 

Campanha

TUBERCULOSE TEM CURA

Atualmente existem 100 mil casos de tuberculose no Brasil, dos quais 85 mil são novos. Morrem cerca de 6 mil pacientes no País por ano. Os principais fatores que contribuem para a manutenção e agravamento do problema são a persistência da pobreza em nossa sociedade e a ocorrência da Aids nos grandes centros.

A tuberculose tem cura. O tratamento dura 6 meses e a medicação deve ser tomada diariamente. O diagnóstico e o tratamento são gratuitos. O paciente deve procurar a unidade de saúde do SUS mais próxima da sua casa ou lugar de trabalho. Pacientes que não seguem rigorosamente o tratamento, abandonando-o ou fazendo-o de maneira parcial, correm o risco de recaída com sintomas mais graves e podem vir a ser tornar pacientes TB-MR (multidrogaressistente).

Segundo o ex-governador Geraldo Alckmin, muitos moradores de rua contraem doenças, como a tuberculose. “A tuberculose cresceu em razão da Aids. Porque a Aids reduz a proteção da pessoa. É uma queda imunológica”, explicou.

 
<< Início < Anterior | 1341 1342 1343 1344 1345 1346 1347 1348 1349 1350 | Próximo > Final >>

Resultados 5365 - 5368 de 5453
Enquete
Que lugar é o símbolo do Brás?
 
Usuários On-line
Temos 8 visitantes on-line
Utilidades Públicas
Fones da Região
Subprefeituras
Poupatempo
Busca CEP
Links Úteis
Parceiros

Image











Image


 



Image 

 

 

 

 

Image

 

 

Image

 

 

 

 

 

 

 

Image

 

 

 

 

Image

 

 

 

Image

 
Top! Top!