hostconect.net
Jornal do Brás Advertisement
Início
06-Dez-2019
 
 
Menu Principal
Início
Edições
Notícias
Expediente
Links
Contato
Procurar
A História do Jornal
Jornalista Edu Martellotta
Cadastro de Empresas
Onde estamos
Campanha de Assinaturas
Jornal "O Braz"
Revista O Brazinha
Aniversário do Brás
EDIÇÃO 376 - 1ª quinzena de dezembro/2019
Image                            

Redes Sociais
Image


Jornal do Brás

 

Image

 

Jornal do Brás

 

 

Image

 

Tarde de Chá

Login





Esqueceu a senha?
Sem conta? Criar Conta!
Estatísticas
Visitas: 6922265
Difusão de Notícias
Flash de Notícias

Caro Internauta, continuamos a disponibilizar nossas edições em PDF publicamente e para receber nossas novidades é só fazer o cadastro clicando aqui assim será sempre avisado de nossos conteúdos e eventos.

 att,

 Equipe Jornal do Brás

 
Poeta viaja ao Fundo do Mar
Classificação: / 0
25-Nov-2019

Image

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Image

Mundo fantástico no fundo do mar, esse o tema do escritor Wismar Rabelo, com seu novo livro infantil “Os Marinhos”.

Quem quiser conhecer o poeta Wismar, é só ir num domingo qualquer ao Parque do Piqueri, e com ele ter a primazia de uma bela caminhada ao suave aroma do verde que ali transpira.

 
Curiosidades
Classificação: / 0
25-Nov-2019
Image

 

Se o Brasil existe devemos ao Marquês de Pombal,

benemérito "Lusitano do Brasil"

 

                 

  

                      M A R Q U Ê S   DE   P O M B A L (SEBASTIÃO JOSÉ DE CARVALHO E MELLO) CONDE DE OEIRAS.

 

             Nasceu em Lisboa no dia 13 de Maio de 1699 e faleceu em 08 de Maio de 1782 em Pombal. Filho de Manuel de Carvalho e Ataide e de Teresa Luisa de Mendonça e Mello, e sua esposa Teresa de Noronha e Boubon Mendonça e Almeida onde se casou em 1723 e ela faleceu em 1745 e nesse mesmo ano casou novamente e sua segunda esposa era Maria Leonor Ernestina Daun, condessa de Naun.

             O Marquês de Pombal, foi nomeado Secretário de Estado e Negócios Estrangeiros no dia 02/07/1750 com a morte do Rei D.João V e no dia 02/08/1750 assumiu o poder em Portugal D.José I filho de D.João V.

             Emérito trabalhador em todos setores, criou companhias de comércio no Brasil, em Pernambuco, Maranhão, Paraíba e no Grão-Pará e no ano de 1753 no dia de Todos os Santos houve o "TERREMOTO" que quase destruiu toda LISBOA, Igrejas, locais históricos etc.. e em 1756 passou também ao cargo de Secretário do Reino e praticamente do domínio do Império Português e mais tarde em 1759 pela sua obra de reconstrução de Lisboa recebeu o título fantástico de CONDE DE OEIRAS.

             Outro fato marcante na sua existência como Secretário do Reino foi a "EXPULSÃO" da "COMPANHIA DE JESUS EM PORTUGAL" no ano de 1759, e imediatamente a  INQUISIÇÃO" passou para o controle do governo e em que a reforma do ensino em Portugal foi passada para o governo e retirada dos Jesuítas e bem como, ele criou outras áreas no governo português, como a Escola de Comércio, a Imprensa e o Erário Régio e além de tudo já havia sido nomeado no ano de 1738  dentro do reinado anterior como Embaixador de Portugal em Londres.

             No ano de 1725, no Brasil, houve grandes revoltas e os revolucionários decretaram o fim do BRASIL, com a criação do "REINO DO GRÃO/PARÁ E MARANHÃO", O "REINO DO NORDESTE" e o " REINO DO SUL",

e com isso o BRASIL desapareceu ao comando desses Reinos, transformando o BRASIL em pequenos reinos e sendo na visão do MARQUÊS DE POMBAL um futuro negro para o grandioso território português na América do Sul, o que na visão do nobre mestre lusitano aconteceu e inúmeros países surgiram desses reinados, como a BOLÍVIA, O PERU, A COLÔMBIA, VENEZUELA, ETC ..

             Na sua visão magistral como ESTATISTA LUSITANO E PODER ABSOLUTO, enviou a frota portuguesa para o BRASIL, e prendeu o VICE-REI DO REINO DO GRÁ; PARÁ E MARANHÃO E BEM COMO DO REINO DO NORDESTE e logo o REINO DO SUL aderiu e tudo se desmanchou e as Terras do nosso Amado BRASIL voltaram a pertencer ao REINO DE PORTUGAL no ano de 1725. 

             Portanto, se o BRASIL existe nós devemos ao EMÉRITO MARQUÊS DE POMBAL, que com a sua inteligência, sua Visão Global do Mundo, Reformador de LISBOA e enfim ele foi o grandioso Emérito Lusitano que nos deu este país maravilhoso, obra inconteste do povo Lusitano o nosso querido PORTUGAL e o nosso ETERNO E QUERIDO BRASIL.

            MARQUÊS DE POMBAL >>> B E N E M É R I T O  L U S I T A N O    DO   B R A S I L  <<< 

 

Adriano Augusto da Costa Filho, nasceu no Brás, foi ponta-esquerda camisa 11 do Esporte Clube Estrela do Pari com credencial de 1954, é Poeta, Jornalista e Escritor e presidente do Conselho Fiscal e Consultivo da Federação Paulista de Tênis.

 

 

 
A República que temos e a que queremos
Classificação: / 0
25-Nov-2019
Image

A República Brasileira completou 130 anos dia 15 de novembro último. Durante esse tempo que nos separa de 15 de novembro de 1889, quando os militares retiraram o poder do imperador e constituíram a República, muita coisa mudou. De 14 milhões de habitantes fomos para 210 milhões. De eminentemente rural e até rudimentar, a economia nacional tornou-se tecnológica a ponto de praticar agronegócio em nível com os principais centros produtores do mundo e ser forte na indústria, tecnologia, cultura e afins. Vivenciamos hoje o mais longo período democrático de todo o tempo republicano que foi permeado por ditaduras e instabilidades. Estamos entre as dez maiores economias do mundo mas, mesmo assim, considerados apenas um país “em desenvolvimento” num próximo a 200 países. Hoje vivemos as agruras de, apesar de toda a modernidade social e tecnológica, não termos conseguiu ainda ser um país equilibrado e politicamente sustentável.

Infelizmente, a demagogia e os interesses subalternos de gerações não permitiram que desenvolvêssemos uma administração pública sustentável e principalmente a ação política merecedora do respeito dos cidadãos. As reformas que hoje sacodem a cena política e ensejam munição para aproveitadores e carreiristas de todos os matizes resultam de impropriedades arraigadas. Há pelo menos um século, vivemos a polarização que nos levou às quebras institucionais e radicalizações tanto à direita quanto à esquerda. Ao mesmo tempo que se lutou pelo mccartismo (que perseguiu cidadãos nos EUA) e outros extremismos de direita, batalhou-se pela ditadura do proletariado, cubanização e por outras fórmulas alienígenas que nunca fizeram parte da alma do povo brasileiro mas lhes foram enfiadas goela abaixo.

Reconquistada a democracia, em 1985, os governos e a classe política não foram capazes de alcançar o país que necessitamos. Tivemos dois governantes afastados por “impeachment”, amargamos escândalos de corrupção com protagonistas de todas as tendências e ainda sofremos a crise. Perigosamente, verificamos lideranças temerárias investindo na radicalização. Seria interessante todos entenderem que não precisamos de esquerda e nem de direita. O Brasil carece de sustentabilidade e honestidade para sepultar os desequilíbrios que ainda assombram a economia, a administração pública e até o meio institucional. A democracia vivida ao longo das últimas três décadas, lamentavelmente, tem sido seguidamente golpeada por interesses escusos, radicalismos ideológicos e outros males. É preciso acabar com tudo isso e, finalmente, trabalhar pela eficiência da máquina pública e sustentabilidade das instituições. Só assim é que, um dia, a nossa judiada República poderá atender aos anseios da Nação e oferecer aos brasileiros aquele sonhado país que, pelas circunstâncias, sempre esteve na esperança de um futuro promissor mas nunca o teve disponível à população...

Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves - dirigente da ASPOMIL (Associação de Assist. Social dos Policiais Militares de São Paulo) - Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email                                     

 

 
<< Início < Anterior | 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 | Próximo > Final >>

Resultados 33 - 36 de 5840
Enquete
Que lugar é o símbolo do Brás?
 
Usuários On-line
Temos 1 visitante on-line
Utilidades Públicas
Fones da Região
Subprefeituras
Poupatempo
Busca CEP
Links Úteis
Parceiros

Image











Image


 



Image 

 

 

 

 

Image

 

 

Image

 

 

 

 

 

 

 

Image

 

 

 

 

Image

 

 

 

Image

 
Top! Top!