hostconect.net
Jornal do Brás Advertisement
Início
22-Mai-2018
 
 
Menu Principal
Início
Edições
Notícias
Expediente
Links
Contato
Procurar
A História do Jornal
Jornalista Edu Martellotta
Cadastro de Empresas
Onde estamos
Campanha de Assinaturas
Jornal "O Braz"
Revista O Brazinha
Aniversário do Brás
EDIÇÃO 340 - 1ª quinzena de maio/2018
Image
Curta-nos, siga-nos
Image


Jornal do Brás

 

Image

 

Jornal do Brás

 

 

Image

 

Tarde de Chá

Login





Esqueceu a senha?
Sem conta? Criar Conta!
Estatísticas
Visitas: 4269976
Difusão de Notícias
Flash de Notícias

Gostaria de receber nossas novidades cadastre-se aqui e receba o nosso newsletter, sempre ficará por dentro de tudo do nosso jornal. Agora se realmente quer novidades sobre nossas edições e atualizações de nosso site em tempo real, adcione o nosso feeds RSS no seu programa predileto de leitor de notícias.

 
Magic Paula: relembrem os grandes momentos da carreira desta estupenda atleta. Sensacional!
Classificação: / 1
20-Abr-2018
Image


Alexandre Cardillo

 

A memória do esporte brasileiro sempre será exaltada no Jornal do Brás. Nesta edição, vamos prestar nossa justa homenagem a uma das atletas mais dedicadas e magistrais do esporte, em nosso país. Notabilizada pela genialidade dentro de quadra e nos passes e arremessos precisos, a estupenda carreira de Paula será relembrada. Conhecida como Magic Paula, ela marcou uma geração genial no Basquetebol nacional feminino, ao lado da Rainha Hortência. No mês de passado, mais precisamente no dia 11 de março, Paula completou 56 anos. Iremos parabeniza-la, através dos momentos mais emblemáticos dela, dentro de quadra. Paula foi e sempre será, um dos maiores exemplos de atleta. Simplesmente, sensacional!

Nascida em Oswaldo Cruz, no interior paulista, no dia 11 de março de 1962, Paula já tinha um sonho de ser jogadora profissional de Basquete. No Brasil, a realidade deste esporte é árdua, já que os investimentos são escassos. Mas Paula insistiu e foi atrás de seu grande sonho. Com apenas 10 anos, começou a jogar. Se destacou tanto que foi convidada, em 1974, pelo técnico do Assis tênis Clube, a integrar o time da cidade. Paula tinha muita agilidade e habilidade em quadra. Ela era uma atleta polivalente, que conseguia jogar tanto como ala, como também armadora. Suas assistências e lances de três pontos eram cada vez mais precisos. Uma genialidade fora do comum para uma garota de apenas 12 anos, à época. Paula foi então para Jundiaí, jogar na equipe do Colégio Divino Salvador. Passados três meses, com apenas 14 anos, foi convocada pela primeira vez para fazer parte da Seleção Brasileira adulta. Após quatro anos no Divino, já consagrada, Paula transferiu-se para a Universidade Metodista de Piracicaba. Por lá, jogou durante oito anos, até regressar ao Cica/Divino Salvador. Um momento especial para uma jogadora especial. Pouco tempo depois, Paula resolveu dar uma guinada na carreira e aceitou a proposta do time espanhol Tintoretto. Porém, sofreu com lesões e também uma certa dificuldade de adaptação ao estilo de treino da equipe espanhola colaboraram para que Paula voltasse ao Brasil, em 1991, vestindo a camisa do BCN/Piracicaba. Mas o ápice de sua carreira seria consolidado nos Jogos Pan-Americanos do mesmo ano em Havana, Cuba. A Seleção Brasileira Feminina disputou as finais do torneio com as próprias cubanas e Fidel Castro compareceu ao jogo. Nesta grande final, Paula se destacou, brilhando no segundo tempo, ganhando definitivamente o carinhoso apelido de Magic. Ela fez cinco arremessos de três pontos e acertou quatro. Um feito que até hoje é lembrado pela ex-jogadora. As brasileiras venceram por 97 a 76. Vale ressaltar que o apelido Magic era em alusão ao atleta norte-americano, Magic Johnson, comparando a brasileira na modalidade feminina, ao astro da NBA. Aqui no Brasil, o saudoso Luciano do Valle enfatizava, em suas narrações, a expressão Magic para a jogadora, popularizando em nossas mentes, o peso de tal apelido.

Image

Paula é contratada pela Ponte Preta

Dois anos mais tarde, em 1993, Magic Paula é contratada pela Ponte Preta, equipe de Campinas, no interior de São Paulo. Na Macaca, a jogadora voltaria a jogar ao lado de Hortência, sua grande companheira na época de Seleção Brasileira. Paula retornaria a Piracicaba para defender o Unimep, no mesmo ano de 1993. Em 1994, ela conquistou o título inédito do Campeonato Mundial de Seleções, realizado na Austrália, no qual a seleção brasileira derrotou os Estados Unidos, na semifinal, por 110 a 107 e a China na partida decisiva, por 96 a 87.

Encerramento da carreira

Em 1996, já jogando pelo Microcamp, além de ser campeã paulista pela oitava vez, brilhou novamente na Seleção Brasileira nos Jogos Olímpicos de Atlanta, nos Estados Unidos, conquistando a medalha de prata. Despediu-se da Seleção, mas continuou nas quadras, disputando os campeonatos paulista e competições nacionais, até o adeus definitivo no esporte, com a camisa do BCN/Osasco, no início de 2000. Uma carreira irretocável.

O esporte brasileiro é um dos nossos maiores patrimônios. Por isso relembramos a vocês, caros leitores do Jornal do Brás, a importância desta personalidade do Basquete nacional. Recordar é viver.

 

Facebook: Alexandre Cardillo Esportes.

Enviem seus comentários, sugestões e críticas, para que possamos interagir, no e-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email . Será sempre um enorme prazer responder a todos, caros leitores.

   

 
Vida íntima
Classificação: / 0
20-Abr-2018
Image


Padre Enivaldo Santos do Vale

Ter vida íntima com quem se confia

Traz harmonia, calmaria, diminui a dor, dissipa o rancor,

Quem tem vida íntima com Jesus nunca se decepcionou.

 

A vida íntima com Jesus traz talento na oração, na canção da vida

Em todas as subidas as forças são reconstruídas.

Onde vai as atitudes são acolhidas.

 

A intimidade com Cristo, nos faz gostar do próximo por inteiro

Na tarefa de ser luz no momento de cansaço

O apoio de Cristo chega primeiro.

 

Ter intimidade com Cristo é perceber que o homem não erra sozinho

Tem a mão de alguém que é vizinho.

Ele ensinou que ajuda a libertar.

É o melhor caminho.

 

Ter intimidade com Cristo é todo dia

Acumular riqueza na mente amadurecida

É distribuir concórdia, bondade com atitude e vida.

Ouçam o Padre Enivaldo na Rádio Nove de Julho AM 1600 kHz, domingos às 21h

 

 
Tributos pagos pelos brasileiros somam R$ 700 bilhões até dia 15 de abril
Classificação: / 0
20-Abr-2018
Image

O total de tributos pagos pelos contribuintes brasileiros chegou a R$ 700 bilhões. O valor foi apontado pelo Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo ao meio-dia do domingo (15/4), indicando que os cofres públicos estão arrecadando mais em 2018. 
“O aumento da arrecadação decorre principalmente do aquecimento da atividade econômica, especialmente do setor comercial ― que tem apresentado recuperação ― e industrial, com destaque para o segmento de veículos, que é pagador de alta carga tributária”, analisa Alencar Burti, presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp).


 
<< Início < Anterior | 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 | Próximo > Final >>

Resultados 33 - 36 de 4871
Enquete
Que lugar é o símbolo do Brás?
 
Usuários On-line
Temos 2 visitantes on-line
Utilidades Públicas
Fones da Região
Subprefeituras
Poupatempo
Busca CEP
Links Úteis
Parceiros

Image











Image


 



Image 

 

 

 

 

Image

 

 

Image

 

 

 

 

 

 

 

Image

 

 

 

 

Image

 

 

 

Image

 
Top! Top!