hostconect.net
Jornal do Brás Advertisement
Início
28-Abr-2017
 
 
Menu Principal
Início
Edições
Notícias
Expediente
Links
Contato
Procurar
A História do Jornal
Jornalista Edu Martellotta
Cadastro de Empresas
Onde estamos
Campanha de Assinaturas
Jornal "O Braz"
Revista O Brazinha
Aniversário do Brás
EDIÇÃO 317 - 2ª quinzena de abril de 2017
Image
Curta-nos, siga-nos
Image


Jornal do Brás

 

Image

 

Jornal do Brás

 

 

Image

 

 

Jornal do Brás - Comunidade

 

 

Image

 

Tarde de Chá

Login





Esqueceu a senha?
Sem conta? Criar Conta!
Estatísticas
Visitas: 2119645
Difusão de Notícias
Flash de Notícias

Todo 1º domingo do mês, o Movimento Poético de São Paulo faz sarau no Parque do Piqueri

 
Planta
Classificação: / 0
24-Abr-2017
Image


Padre Enivaldo Santos do Vale

Tirar um galho da planta da vida

E outras vidas serem protegidas,

É ter certeza que a existência,

No plano de Deus está inserida.

 

Partilhar o que com cansaço e suor pode conquistar,

É incluir entre as árvores bem podadas

Que fortalecem o tronco da bondade.

 

A planta que dá abrigo

É resultado de esforço concentrado

Enraizados na herança de quem viveu

E do serviço foi amigo.

 

As plantas viçosas

Construídas pelos serviços voluntários,

Dão mudas sem seus galhos,

Aumentando o filtro,

Facilitando o suspiro,

Afastando vidas da zona de perigo.

 

A muda da planta pode não pegar,

Mas o gesto não pode apagar.

Transplantar riqueza,

Ser voluntário

Mentes e caminhos vão iluminar.

Ouçam o Padre Enivaldo na Rádio Nove de Julho AM 1600 kHz, domingos às 21h

 

 
Brás inicia comemoração do II Centenário
Classificação: / 0
24-Abr-2017
Image


Bairro na segunda década do século XXI

 

Alzira Jorri de Tomei

 

 

 

Uma boa dose de desânimo de parte considerável da população urbana, especialmente comerciantes e empresários do Brás, bairro de onde me orgulho de ser descendente, assim como os que lidam com serviços públicos – educação, saúde, transporte, segurança – de baixa qualidade tem demonstrado não sentir esperança, vislumbrando o “fim do túnel”. Fato que aceita argumento.

Image

Bairro com momentos históricos fortes, cuja tradição marcou com nobreza um fragmento de um Brasil de portas abertas, sofre a desesperança dessa complexa crise que estamos vivendo. Estamos assistindo a ascensão de lideranças comprometidas com a ética, o exercício pleno da cidadania e o Estado Democrático e de Direito, na política, no judiciário, na educação, na economia. Lideranças construídas nos caminhos abertos pelo Ensino Superior e no âmbito das famílias conscientes de sua responsabilidade na sociedade brasileira.

Image

Os momentos de crises, como os que estamos vivendo, são propícios ao exercício da criatividade, da inovação e do empreendedorismo, cuja garra e determinação sempre delinearam o perfil e personalidade do povo brasense.  Os reflexos na sociedade e na economia entre os negociantes deste nosso bairro precisam ser fortalecidos pelo sentimento nativista. Iniciativas individuais ou coletivas, vindas dos agentes públicos ou da livre iniciativa, demoram, mas, progressivamente, vão abrindo caminhos com soluções, às vezes simples, mas duradouras, que deverão influenciar positivamente na retomada do crescimento econômico. Sem tirar o “olho do furacão”, nossos fortes líderes do comércio devem tomar atitudes e passar a fazer o que não fazem em tempos normais: unir-se para alavancar o progresso de um ano letivo que, já em andamento, sente-se acamado pela descrença.

As crises, geralmente, abrem oportunidades para mudanças pessoais, profissionais, políticas, institucionais. São momentos para reflexões, alterações de rumo, de planejamento estratégico, para o desenvolvimento de talentos hibernados, com o despertar da criatividade, da inovação e do dom de empreender, se não pela nação, mas pela própria família. A resiliência, entendida como a capacidade de se adaptar facilmente às mudanças, está sempre presente nas ações dos principais atores das transformações, em qualquer setor da vida, assim como nas ações da livre iniciativa.

Image

Não estamos alheios aos riscos por que passa a nossa nação, mas entendemos que o todo pode ser bem mais que apenas a soma de suas partes, como afirma categoricamente o zoólogo Konrad Lorenz, prêmio Nobel em 1973, em seu livro Fundamentos de etologia

O todo e as partes – cada um de nós, descendentes desse bairro formado por guerreiros, conscientes de nossa responsabilidade como cidadãos e profissionais – teremos que aprender a gerar próprios mecanismos políticos, econômicos e sociais destinados a nos reconduzir com um destino maior, rumo ao desenvolvimento pleno e integral de nossa comunidade.

Se o governo não nos dá subsídios e se a luz do “fim do túnel” não nos promete acender, num futuro próximo, sejamos nós mesmos o nosso governo, porque de alguma forma devemos respirar; de algum modo devemos dar sentido à vida, ainda que não seja por nós, mas para nossa próxima geração.

 

Profª Espª Alzira Jorri de Tomei, brasense.  Formação em Letras, Direito, Psicopedagogia.

 

 
VISITA À REDAÇÃO
Classificação: / 0
24-Abr-2017
Image


Anderson Siqueira da empresa Consense visitou nossa redação dia desses e contou um pouco do trabalho desenvolvido na empresa, de consultoria empresarial e promoção de cursos e workshops - http://www.consense.com.br/.

 
<< Início < Anterior | 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 | Próximo > Final >>

Resultados 17 - 20 de 4355
Enquete
Que lugar é o símbolo do Brás?
 
Usuários On-line
Utilidades Públicas
Fones da Região
Subprefeituras
Poupatempo
Busca CEP
Links Úteis
Parceiros

 

Bauducco

Manos Doces

Image

 Image

 

 

 

 

 

 

 
Top! Top!