hostconect.net
Jornal do Brás Advertisement
Início
24-Jun-2019
 
 
Menu Principal
Início
Edições
Notícias
Expediente
Links
Contato
Procurar
A História do Jornal
Jornalista Edu Martellotta
Cadastro de Empresas
Onde estamos
Campanha de Assinaturas
Jornal "O Braz"
Revista O Brazinha
Aniversário do Brás
EDIÇÃO 365 - 2ª quinzena de junho/2019
Image               

Redes Sociais
Image


Jornal do Brás

 

Image

 

Jornal do Brás

 

 

Image

 

Tarde de Chá

Login





Esqueceu a senha?
Sem conta? Criar Conta!
Estatísticas
Visitas: 6034460
Difusão de Notícias
Flash de Notícias

Todo 1º domingo do mês, o Movimento Poético de São Paulo faz sarau no Parque do Piqueri

 
Junho Vermelho pede doação de sangue
Classificação: / 0
19-Jun-2019
Image


Ponte Estaiada, Elevador Lacerda e Monumento às Bandeiras serão iluminados na ação

 

A partir de 14 de junho, Dia Mundial do Doador de Sangue, diversas capitais brasileiras terão seus principais pontos turísticos iluminados com a cor vermelha, para chamar a atenção sobre a importância desse ato.

Em São Paulo, serão iluminados os seguintes locais: Edifício Matarazzo, sede da Prefeitura, Monumento às Bandeiras, Viaduto do Chá, Biblioteca Mário de Andrade, Estátua Borba Gato e Ponte Octávio Frias (Ponte Estaiada).

"O Junho Vermelho nasceu para alertar e conscientizar a sociedade sobre a importância de doar sangue, um ato tão simples, mas que pode ter um grande significado", afirma Debi Aronis, fundadora do Movimento Eu Dou Sangue, promotor da campanha.

A capital baiana também aderiu à campanha e irá iluminará, nesta sexta-feira, o Elevador Lacerda. Além disso, ações semelhantes ocorrerão em cidades como Curitiba e Manaus.

 

Ausência da cultura de doar

Pesquisa realizada em 2017 pelo Movimento Eu Dou Sangue, em parceria com o Instituto Datafolha, mostrou que 92% dos brasileiros disseram não ter doado sangue entre junho de 2016 e junho de 2017.

O estudo constatou, também, que o recesso escolar, o clima mais frio, feriados e dias chuvosos derrubam as doações de sangue. Nesse período, os hemocentros registram queda de 30% em seus estoques.

A pesquisa revelou, ainda, que 39% dos brasileiros desconhecem seu tipo de sangue. Desse total, 44% dos homens e 35% das mulheres não têm essa informação. O desconhecimento é grande também entre os jovens, sobretudo na faixa entre os 16 a 24 anos (52%). Foram entrevistadas 2.771 pessoas em todo o Brasil.

A Campanha Junho Vermelho foi lançada no Estado de São Paulo em 2014 . Ganhou status de lei estadual em 15 de março de 2017 (nº 16.386) e tem alcance nacional.

 

Por que a campanha escolheu o mês de junho?

As baixas temperaturas registradas no mês de junho, bem como a maior incidência de doenças respiratórias e infecciosas, as férias escolares e avaliações semestrais em faculdades e universidades reduzem drasticamente o estoque dos bancos sangue, tanto públicos quanto privados.

Além do mais, 14 de junho é o Dia Mundial do Doador de Sangue. Data estabelecida pela OMS em 2014, como homenagem ao nascimento de Karl Landsteiner (14 de junho de 1868 - 26 de junho de 1943), um imunologista austríaco que descobriu o fator Rh e várias diferenças entre os diversos tipos sanguíneos.

A queda no número de doadores contrasta com o aumento no número de atendimentos, principalmente os de alta complexidade, como cirurgias de alta complexidade, tratamentos contra o câncer ou doenças que necessitam de transfusões contínuas.

"As férias e o frio não diminuem a demanda por sangue. Os estoques caem, mas a procura é constante. Por isso doar, principalmente nesta época do ano, quando os níveis diminuem, é tão importante", conclui Debi.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), cada país deve ter entre 3% a 5% de doadores de sangue frequentes. No Brasil, este índice está em apenas 1,8%, enquanto na Europa chega a 7%.

 

Sobre o Junho Vermelho

A campanha Junho Vermelho, que já foi alçada à categoria de lei em vários estados e cidades do Brasil, busca chamar a atenção para a importância da doação regular de sangue. O sucesso da iniciativa é comprovado pelos números registrados durante as outras edições. Em 2018, o Movimento Eu Dou Sangue calculou, extraoficialmente, que houve aumento de 30% das doações no mês de junho, em relação a 2017.

Fonte: Ricardo Viveiros & Associados – Oficina de Comunicação

 

 
Cetesb impõe rigor em veículos a diesel
Classificação: / 0
19-Jun-2019
Image

Órgão do governo está intensificando ações para controle de fumaça preta veicular

CETESB (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) intensificou a fiscalização de veículos movidos a diesel, em parceria com as Polícias Militar, Ambiental, rodoviárias Estadual e Federal. Paralelamente, a Empresa promove campanhas educativas com o objetivo de conscientizar motoristas sobre a importância da manutenção do veículo para reduzir a emissão de poluentes na atmosfera, especialmente, no período mais seco do ano.

Agentes da Companhia e das polícias vão fiscalizar diversas rodovias do estado usando a Escala de Ringelmann, que compara a densidades da fumaça emitida com os padrões de cinza impressos na escala. Essa fiscalização ocorre com o veículo circulando, sem a necessidade de parada. Outro equipamento utilizado é o opacímetro, que capta a fumaça emitida por meio de uma sonda introduzida no escapamento, enviando os gases para uma câmara dotada de uma fonte de luz e um receptor onde a fumaça é analisada.
A multa para quem for flagrado com o veículo em condições irregulares é de R$1.591,80, que pode dobrar em caso de reincidência no período de um ano.
A presidente da CETESB, Patrícia Iglecias, explica que o objetivo da operação não é punir, mas conscientizar “especialmente nesta época do ano, em razão da falta de chuvas, aumento da poluição atmosférica e consequentemente das complicações respiratórias. Nosso objetivo é chamar a atenção da população para que se engaje nesta questão ambiental e de saúde pública. A CETESB possui um Programa para melhoria da manutenção de veículos a diesel, no qual o valor da multa pode ser reduzido em até 70%, caso o responsável comprove que os problemas do veículo foram sanados”.
A ação ocorre desde 1984, nos meses de maio a setembro, e prevê mensagens educativas, conversa com motoristas em terminais de cargas, além de megacomandos em rodovias da capital, litoral e interior. Em 2018 foram fiscalizados 151.349 veículos a diesel e aplicadas 2.930 autuações.
Segundo o relatório “Operação Inverno Qualidade do Ar 2018” elaborado pela CETESB, a concentração média de MP10 (partículas inaláveis geradas a partir da queima de combustível que ficam suspensas no ar), durante o período de inverno entre maio e setembro, a Região Metropolitana da capital alcança um aumento de 28%. O documento mostra que a média anual é de 29 micrograma/m3 e que no período do inverno chega a 37 micrograma por m3. Mesmo com a elevação durante o período, não há violação do padrão estabelecido pelo Decreto Estadual 59.113/2013 que determina a concentração máxima de 40 micrograma/m3.

 
Curiosidades
Classificação: / 0
19-Jun-2019

ImageLampião de Gás e Luz elétrica em São Paulo

 

A iluminação a Gás foi uma das maiores vitórias concedidas aos cidadãos brasileiros e Rio de Janeiro e São Paulo, foram as primeiras no Brasil.

No ano de 1854 foi instalado o 1º Lampião a Gás em São Paulo e em 1894 as primeiras Lâmpadas Elétricas.

A Poetisa "Zica Bergami" da Casa do Poeta de São Paulo, a qual completou 70 anos de fundação em Novembro de 2018 e em homenagem ao "LAMPIÃO DE GÁS" compôs uma Música com o Título de "LAMPIÃO DE GÁS" Valsa, a qual foi tocada e cantada para todo o BRASIL pela cantora "INESITA BARROSO" e com enorme sucesso. 

Quando a "Zica Bergami" faleceu em 19 de Abril de 2011 e em sua homenagem a Casa do Poeta de São Paulo, houve por bem, instituir o Hino em sua homenagem e incluiu ao nome "Casa do Poeta de São Paulo" Lampião de Gás !

Para recordar nas palavras da música Lampião de Gás, o que era, o que foi e o que ficará na memória e na Saudade maravilhosa dos "LAMPIÕES A GÁS”, e descritas na música pela ZICA BERGAMI, transcrevemos "LAMPIÃO DE GÁS", como segue:

 

-Lampião de Gás !  Lampião de Gás "Quanta Saudade você me trás "(bis)        

                                                                                                           

1 -Da sua luzinha verde azulada, que iluminava minha janela,                      .

- do almofadinha, lá na calçada, palheta branca, calça apertada.                   

- do bilboquê, do diabolô! me dá foguinho -vai no vizinho, 

- de pular corda, brincar de roda, de Benjamim, Jagunço e Chiquinho! 

 

2-Do bonde aberto, do carvoeiro, do vassoureiro, com seu pregão.

da vovozinha, muito branquinha, fazendo roscas, sequilhos e pão;

 

3 - Da garoinha fria, fininha,

- escorregando pela vidraça,                                              

- do sabugueiro grande e cheiroso   

- lá do quintal da rua da Graça...                                       

 

4-Da minha São Paulo, calma e serena,

- que era pequena, mas grande demais!

- Agora cresceu, mas tudo morreu...     

- Lampião de gás, que saudade me trás!

 

Adriano Augusto da Costa Filho pertence à Casa do Poeta de São Paulo e ao Movimento Poético Nacional.

 

 
<< Início < Anterior | 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 | Próximo > Final >>

Resultados 13 - 16 de 5535
Enquete
Que lugar é o símbolo do Brás?
 
Usuários On-line
Temos 7 visitantes on-line
Utilidades Públicas
Fones da Região
Subprefeituras
Poupatempo
Busca CEP
Links Úteis
Parceiros

Image











Image


 



Image 

 

 

 

 

Image

 

 

Image

 

 

 

 

 

 

 

Image

 

 

 

 

Image

 

 

 

Image

 
Top! Top!