hostconect.net
Jornal do Brás Advertisement
Início
29-Mai-2020
 
 
Menu Principal
Início
Edições Jornal do Brás
Notícias Jornal do Brás
Expediente
Links
Contato
Procurar
A História do Jornal
Jornalista Edu Martellotta
Cadastro de Empresas
Onde estamos
Campanha de Assinaturas
Jornal "O Braz"
Aniversário do Brás
Revista O Brazinha
Edições Jornal do Belém
EDIÇÃO 385 - 2ª quinzena de abril/2020
Image                                      

Jornal do Belém Ed 2 - 12/03/2020
Image  
Redes Sociais
Image


Jornal do Brás

 

Image

 

Jornal do Brás

 

 

Image

 

Tarde de Chá

Login





Esqueceu a senha?
Sem conta? Criar Conta!
Estatísticas
Visitas: 7959015
Difusão de Notícias
Flash de Notícias

Prezados Amigos,
Prezadas Amigas,


Permitimo-nos apresentar para sua apreciação, a primeira edição do Jornal do Belém, de portas abertas e páginas abertas à disposição dos moradores da região, empresários, autoridades, lideranças comunitárias e simpatizantes, com a mesma dedicação dos mais de 30 anos de nosso Jornal do Brás.
Ao ensejo, rogamos seu incentivo para essa nova bandeira da Região Brás/Belém.

Abraço Fraterno,
Milton George

 


 
Biomédicos e enfermeiros: entenda a importância destes profissionais para conter a pandemia
Classificação: / 0
27-Abr-2020
Image


Especialistas são essenciais para desenvolver medidas de contenção e preservação da vida, além de pesquisas, diagnóstico e novas vacinas


O diagnóstico laboratorial do novo Coronavírus (Covid-19) é baseado em amostras coletadas por aspiração de vias áreas ou indução de escarro. É aí que entra em ação o biomédico que, por sua formação e perfil versátil, atua tanto na pesquisa, quanto em situações de emergência ou ainda, nos serviços de diagnóstico e terapêutico. Em todo o mundo, esses especialistas vêm se destacando por sua atuação no mapeamento do novo coronavírus.
Segundo professora do curso de Biomedicina da Anhanguera da Vila Mariana, Ivani Silva, estudar os diferentes microrganismos e entender suas formas de multiplicação e infecção é essencial para a manutenção da saúde coletiva, o biomédico é o profissional responsável por avaliar as interações destes seres microscópicos com a patologia por eles gerada e assim garantir a qualidade de vida e manter a saúde coletiva da população, como temos visto nos casos de covid 19 , o mapeamento é essencial para entender a origem da epidemia e desenvolver vacinas e testes diagnósticos.
O especialista destaca o esforço dos biomédicos em diferentes frentes, como pesquisa e diagnóstico. Nos protocolos de diagnósticos temos os testes de analises clinicas e diagnósticos por imagem, como a tomografia que já garante ao médico um teste rápido e de segurança para acelerar os processos do tratamento , visto ser a agilidade no tratamento crucial para a cura da doença ."Muitos profissionais estão dedicados de forma intensa em universidades e institutos de pesquisa, no mapeamento genético do vírus e no desenvolvimento de vacinas e tratamento", enfatiza.
Ao lado dos biomédicos, outro profissional atua como protagonista na luta contra a pandemia: o enfermeiro. "Estes profissionais estão na linha de frente no combate ao coronavírus. São eles que ficam junto ao paciente praticamente 24 horas por dia e colaboram na detecção e avaliação dos casos suspeitos", destaca a Enfermeira Jaqueline Santos Viana coordenadora do curso de Enfermagem na Anhanguera Vila Mariana.

Fonte: Weber Shandwick


 

 
A Guerra do Remédio
Classificação: / 0
27-Abr-2020
Image

Heródoto Barbeiro *

 

O governo de São Paulo sai na frente. Divulga amplamente que todos devem ficar em casa. Não fazer visitas. Evitar aglomerações especialmente à noite. As autoridades médicas ensinam que em períodos de pandemias os cuidados com a higiene devem ser mais rigorosos. Especialmente com a garganta e o nariz que, segundo os médicos, são os locais mais sensíveis e portanto, fáceis do vírus mortal se alojar. É necessário evitar fadiga excessiva porque debilita o sistema imunológico o que põe às pessoas nos grupos de risco da doença. Os que sentirem os primeiros sintomas devem ficar em casa para não contaminar parentes e vizinhos, de preferência em seus quartos e não receber nenhum tipo de visita. Com a difusão da pandemia as ruas centrais da capital ficam vazias, bem como teatros, cinemas e os badalados bares e cafés na região central. O governo nem precisa decretar a proibição do tráfego nas ruas. O medo de contágio e da morte mantém a população em casa. As atividades econômicas despencam e ninguém sabe o que se sucederá com a economia.

Os médicos recomendam que as pessoas tomem o remédio que tem apresentado bons resultados no combate à malária. Ele tem se mostrado eficiente em alguns casos e por isso deve ser usado mesmo pelas pessoas que ainda não sentiram os sintomas da pandemia. As doses devem ser diárias, geralmente no momento das refeições, uma vez que ele provoca efeitos colaterais já diagnosticados. O fato é que tal droga não tem nenhum estudo científico que comprove a sua eficácia no combate ao tratamento do vírus que faz tantas vítimas no mundo. Especialmente na Europa no meio dos franceses, ingleses, alemães, italianos e principalmente espanhóis. Os debates na mídia sobre o que pode curar a doença toma uma coloração política e há, inclusive, autores de teorias da conspiração que afirmam que o vírus é uma arma de guerra para destruir o inimigo custe o que custar e dominar o mundo, ou o que sobrar dele depois que a pandemia se for. Não faltam defensores de um lado ou outro uma vez que medicamento virou tema de guerra. Ainda sobram espaços para os remédios caseiros como chás de folha de goiabeira e outros vegetais.

A questão que se coloca é que ninguém sabe quando essa pandemia vai passar e qual o número real de mortos que provoca no mundo. As conexões internacionais são responsáveis pela difusão da doença e não se pode acusar este ou aquele país de ser o responsável pelo vírus. O fato e que os governos, especialmente o federal, demoraram para tomar providências, não só equipando hospitais e treinando médicos e enfermeiras, mas também em impedir que passageiros doentes desembarcassem e distribuíssem o vírus à torto e à direita. O povo chama a doença de gripe espanhola. Ela é democrata e atinge a burguesia industrial, os operários das grandes cidades, os prestadores de serviço de toda natureza. Os ônibus e bondes apinhados são os locais ideais para ser contaminados. Nem o presidente da república eleito escapa. Rodrigues Alves morre vítima da pandemia. Com isso mais e mais as pessoas buscam nas farmácias e hospitais o quinino, o remédio eficaz contra a malária e a única esperança contra a gripe espanhola. Esse quinino, no futuro, vai ser substituído pela cloroquina, que é sintética.

 

Heródoto Barbeiro é editor chefe e âncora do Jornal da Record News, o primeiro em multiplataforma.

 

 
RECEITAS GOSTOSAS
Classificação: / 0
27-Abr-2020
Image


Filomena Pécora

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sugestão para o Dia das Mães

 

ImageEscondidinho Cremoso de Bacalhau

Ingredientes:

6 xícaras (chá) de molho de tomates

800 g de mussarela fatiada

6 xícaras de (chá) de queijo parmesão ralado

Refogado:

6 colheres de (sopa) de azeite de oliva

6 cebolas picadas

6 xícaras (de chá) de bacalhau dessalgado, cozido e desfiado

6 tomates picados

6 xícaras (de chá) de azeitonas verdes picadas

Sal, pimenta-do-reino a gosto

6 xícaras (de chá) de requeijão cremoso

Purê:

4 kg de batatas cozidas e amassadas

6 colheres de (sopa) de manteiga

6 xícaras de (chá) de creme de leite

Sal a gosto

Modo de Preparo: Em uma panela, em fogo médio, aqueça o azeite, e frite as cebolas e o bacalhau. Põe os tomates, as azeitonas e refogue. Tempere com sal, pimenta e misture o requeijão. Desligue e reserve. Para o purê, em uma panela, em fogo médio, cozinhe as batatas, a manteiga, o creme de leite e o sal, até ficar homogêneo. Reserve. Em um refratário grande, espalhe metade do molho de tomate e metade do purê. Cubra com metade do refogado de bacalhau e da mussarela. Repita as camadas com o restante do refogado da mussarela, do purê e do molho de tomate. Polvilhe com o parmesão e leve ao forno médio (180º C) pré-aquecido, por 30 minutos e sirva em seguida.

Rende: 12 porções

Tempo de Preparo: 1 hora.

 
<< Início < Anterior | 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 | Próximo > Final >>

Resultados 13 - 16 de 6109
Enquete
Que lugar é o símbolo do Brás?
 
Usuários On-line
Utilidades Públicas
Fones da Região
Subprefeituras
Poupatempo
Busca CEP
Links Úteis
Parceiros

Image











Image


 



Image 

 

 

 

 

Image

 

 

Image

 

 

 

 

 

 

 

Image

 

 

 

 

Image

 

 

 

Image

 
Top! Top!