hostconect.net
Jornal do Brás Advertisement
Início seta Notícias Jornal do Brás seta Edição 157 seta Vila Maria Zélia oficializa seus 90 anos
17-Fev-2020
 
 
Menu Principal
Início
Edições Jornal do Brás
Notícias Jornal do Brás
Expediente
Links
Contato
Procurar
A História do Jornal
Jornalista Edu Martellotta
Cadastro de Empresas
Onde estamos
Campanha de Assinaturas
Jornal "O Braz"
Aniversário do Brás
Revista O Brazinha
Edições Jornal do Belém
EDIÇÃO 380 - 1ª quinzena de fevereiro/2020
Image                                 

Jornal do Belém Ed 1 - 20/01/2020
Image
Redes Sociais
Image


Jornal do Brás

 

Image

 

Jornal do Brás

 

 

Image

 

Tarde de Chá

Estatísticas
Visitas: 7327527
Flash de Notícias

Caro Internauta, continuamos a disponibilizar nossas edições em PDF publicamente e para receber nossas novidades é só fazer o cadastro clicando aqui assim será sempre avisado de nossos conteúdos e eventos.

 att,

 Equipe Jornal do Brás

 
Vila Maria Zélia oficializa seus 90 anos PDF
Classificação: / 5
FracoBom 
07-Dez-2007

Por iniciativa do vereador Celso Jatene, em sessão solene da Câmara Municipal dia 9 de novembro último no salão nobre da Sociedade Amigos de Vila Maria Zélia, foram feitas várias homenagens a personalidades em reconhecimento a serviços prestados à comunidade. O evento fez parte das comemorações aos 90 anos da Vila Maria Zélia.

Paulo Alexandre Salomão, presidente da Sociedade Amigos da Vila Maria Zélia, lembrou, em seu discurso, que a Vila começou a ser construída em 1911, e foi concluída em 1917. Considerada a primeira vila operária do Brasil, foi idealizada pelo industrial Jorge Street, para abrigar os 2.100 operários especializados da Companhia Nacional de Tecidos de Juta. "Várias pessoas ajudaram a construir a história da Vila, entre eles um querido morador que recentemente nos deixou, Carlos Eduardo Ferreira, o Cacá, a quem aqui presto homenagem", disse. Em seguida, Paulo inaugurou um belo e amplíssimo quadro fundo de palco, ostentando o desenho da Vila.

 

VILA TRANQUILA E ABENÇOADA

 

Luiz Peixoto, vereador com mandato de 1973 a 1982, representando o vereador Celso Jatene, disse que, além da sua longa história, a Vila será agora inserida nos anais da Câmara Municipal. "Quanta beleza, quanta tranqüilidade vocês têm aqui", ressaltou.

O padre Ivan Roberto, pároco da Igreja São José do Belém e da capela da São José da Vila Maria Zélia, recordou que para Jorge Street, a capela quis ser a "expressão física e concreta da sua fé". "Agradecemos a Jorge Street, que ali quis colocar este sinal tão privilegiado. A presença de Jesus está na entrada da capela", disse, completando que com a colaboração da comunidade, pouco a pouco, vai se retomando a dignidade da construção que ali foi feita.

Ao fazer o uso da palavra, o desembargador Ari Casagrande, nascido na Vila Maria Zélia no ano de fundação do Clube Atlético Recreativo Maria Zélia, que antecedeu a SAVMZ, lembrou que seu pai, Renato Casagrande, foi um grande lutador pela comunidade. "Minha vida foi sempre aqui", lembrou.

O prof. José Guida Neto, coordenador do curso de Direito da Faculdade Cantareira, disse que quando o diretor geral Paulo Meinberg convidou-o há três anos para conhecer a Vila, José logo propôs parceria da faculdade com a Vila, hoje em andamento.

Regina Godói, representando as famílias e moradores da Vila Maria Zélia, contou que mora na Vila desde maio de 1939. "Como é gostoso morar nesta abençoada Vila Maria Zélia, um pedacinho do paraíso nesta conturbada cidade", orgulhou-se Regina, sendo bastante aplaudida em seguida.

 

UNIÃO E ATENÇÃO

 

Finalizando, Paulo Salomão disse que a comunidade da Vila tem duas frentes de batalha: a primeira é a revitalização deste patrimônio histórico – prédios tombados do INSS, com a possibilidade de se construir escolas técnicas dentro da Vila. "Devemos estar unidos", este foi o alerta deixado por Paulo. Ele ainda fez uma crítica ao poder público. "Não temos tido completamente o retorno necessário para, inclusive, informarmos a comunidade". Outra frente é a área de lazer, que leva o nome de Renato Casagrande, construída graças a empenho da comunidade.

 
< Anterior   Próximo >
 
Top! Top!