hostconect.net
Jornal do Brás Advertisement
Início seta Notícias seta Edição 179 seta Adesão dos ambulantes é pequena
06-Dez-2019
 
 
Menu Principal
Início
Edições
Notícias
Expediente
Links
Contato
Procurar
A História do Jornal
Jornalista Edu Martellotta
Cadastro de Empresas
Onde estamos
Campanha de Assinaturas
Jornal "O Braz"
Revista O Brazinha
Aniversário do Brás
EDIÇÃO 376 - 1ª quinzena de dezembro/2019
Image                            

Redes Sociais
Image


Jornal do Brás

 

Image

 

Jornal do Brás

 

 

Image

 

Tarde de Chá

Estatísticas
Visitas: 6922283
Flash de Notícias

Todo 1º domingo do mês, o Movimento Poético de São Paulo faz sarau no Parque do Piqueri

 
Adesão dos ambulantes é pequena PDF
Classificação: / 1
FracoBom 
16-Out-2009
Image

Repercutiu, como era de se esperar, a presença dos três ministros no Brás, ao lado de autoridades e empresários, dia 14 de setembro último, cujo tema focalizado foi “O Ambulante”, isto é, o microempresário.

Sobre aludido assunto, o Jornal do Brás iniciou uma série de entrevistas, a primeira das quais com o líder Ailton Vicente de Oliveira que abriga mais de 300 pequenos comerciantes e fabricantes em sua Galeria Popular no Brás.

A adesão a Lei do Microempreendedor Individual - MEI ainda é pequena, na visão do administrador da Galeria Popular Oriente, Dr. Ailton de Oliveira.

O Estado de São Paulo foi o que mais aderiu, com cerca de 7.500 ambulantes. “Nós estamos num universo de 10,5 milhões de ambulantes no Brasil”, disse ele, em entrevista ao Jornal do Brás.

Essa lei legaliza o ambulante individual, mas não aquele que quer ficar na rua, completou. Todos os ambulantes que estão na rua estão ilegais, segundo ele. “Com exceção daqueles que estão enquadrados na lei da Luiza Erundina”, acrescentou o Dr. Ailton.

 

ImageBenefícios do MEI ao ambulante

Com a lei, o ambulante, através do seu CPF – Cadastro de Pessoas Físicas, tem condições de ter o seu próprio CNPJ – Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas. “Ele vai, por exemplo, comprar matéria-prima, transformar isso em produtos manufaturados, vender, e o comerciante no interior não terá preocupação em comprar dele, porque saberá da origem do produto”, destacou o Dr. Ailton.

Além disso, a Lei do MEI vem para criar uma aposentadoria ao ambulante, disse. “Ela vincula ele na Previdência”.

Paulista de Candido Mota, o Dr. Ailton (que também é gestor da Internacional de Limeira), quer mostrar ao ambulante o que é a lei e quais os seus benefícios, para que ele possa realmente estar legalizado. “Vou levar ao ambulante projetos viáveis e não faraônicos, que não serão feitos nunca”.

 

Galeria Popular Oriente: dois anos de sucesso

A Galeria Popular completou dois anos de existência. Foi inaugurada em agosto de 2007. Possui 301 lojas no primeiro andar e mais 25 oficinas no segundo. “A maioria das roupas vendidas são produzidas aqui mesmo nas oficinas” disse o Dr. Ailton. Ela funciona das quatro horas da madrugada até as 17h, na rua Rodrigues dos Santos, 190. Mais informações nos fones 3326-7711 e 3313-5046.

 

Image

 

Aqui é o setor de corte. E o Edivaldo é o bom profissional no ramo

 

 

 

 

Image

 

Janete exibe roupa produzida pelas ativas costureiras no local

 

 

 

 

Image

 

Loja da Galeria. Até uma ambulante extra surgiu na hora da foto

 

 

 

 

 

 
< Anterior   Próximo >
 
Top! Top!