hostconect.net
Jornal do Brás Advertisement
Início seta Notícias seta Edição 179 seta Psoríase, tema na Câmara Municipal
24-Jul-2019
 
 
Menu Principal
Início
Edições
Notícias
Expediente
Links
Contato
Procurar
A História do Jornal
Jornalista Edu Martellotta
Cadastro de Empresas
Onde estamos
Campanha de Assinaturas
Jornal "O Braz"
Revista O Brazinha
Aniversário do Brás
EDIÇÃO 367 - 2ª quinzena de julho/2019
Image                   

Redes Sociais
Image


Jornal do Brás

 

Image

 

Jornal do Brás

 

 

Image

 

Tarde de Chá

Estatísticas
Visitas: 6194641
Flash de Notícias

Gostaria de receber nossas novidades? cadastre-se aqui e receba o nosso newsletter, sempre ficará por dentro de tudo do nosso jornal. Agora se realmente quer novidades sobre nossas edições e atualizações de nosso site em tempo real, adcione o nosso feeds RSS no seu programa predileto de leitor de notícias.

 
Psoríase, tema na Câmara Municipal PDF
Classificação: / 1
FracoBom 
15-Out-2009

Dia 26 de setembro último, a Câmara Municipal de São Paulo sediou o 5º Encontro Nacional e 7º Encontro Municipal de Psoríase, uma doença sistêmica que atinge 2% da população mundial (aproximadamente 190 milhões de pessoas) entre homens, mulheres de todas as idades, inclusive crianças. No Brasil, a psoríase atinge aproximadamente 3 milhões de pessoas.

Placas avermelhadas e escamativas nos joelhos, cotovelos, couro cabeludo e nas regiões lombares, podendo em alguns casos se espalhar por todo o corpo são os principais sintomas da doença.

De origem genética, a doença se manifesta por fatores psicológicos, estresse, exposição ao frio e uso de certos medicamentos. Apesar de benigna e não contagiosa, a psoríase pode ser confundida com hanseníase ou vitiligo, o que contribui para o preconceito e discriminação com relação às pessoas que tem a doença.

O vitiligo também foi abordado no evento, uma doença caracterizada pela despigmentação natural da pele que atinge 1% da população. Assim como a psoríase, o vitiligo é uma doença não contagiosa e pode surgir em qualquer idade e em diversos tamanhos. Os locais mais comuns são a face, mãos e genitais.

Diante deste cenário, o dermatologista e diretor do Centro Brasileiro de Psoríase – CBP, Dr. Cid Yazigi Sabbag, e o médico e vereador Dr. Gilberto Natalini promovem anualmente um evento nacional que esclarece a doença, suas causas e tratamentos.

O evento, este ano sob o tema “Psoríase e Vitiligo na teoria e na prática: Aprendendo com as experiências”, reuniu portadores de psoríase, familiares, profissionais de saúde entre médicos, esteticistas, podólogos, enfermeiros, fisioterapeutas, nutricionistas e imprensa.

Para o Dr. Cid Yazigi Sabbag, a melhor forma de enfrentar a discriminação é encarar o problema e mostrar à sociedade que é possível levar uma vida tranquila e saudável com psoríase.

Image

 

Dr. Cid Sabbag

 

 

 

 

Image

 

Vereador médico Gilberto Natalini

 
< Anterior   Próximo >
 
Top! Top!