hostconect.net
Jornal do Brás Advertisement
Início seta Notícias seta Edição 366 seta Sarampo provoca alerta de vacinação
22-Jul-2019
 
 
Menu Principal
Início
Edições
Notícias
Expediente
Links
Contato
Procurar
A História do Jornal
Jornalista Edu Martellotta
Cadastro de Empresas
Onde estamos
Campanha de Assinaturas
Jornal "O Braz"
Revista O Brazinha
Aniversário do Brás
EDIÇÃO 367 - 2ª quinzena de julho/2019
Image                   

Redes Sociais
Image


Jornal do Brás

 

Image

 

Jornal do Brás

 

 

Image

 

Tarde de Chá

Estatísticas
Visitas: 6184355
Flash de Notícias

A partir de agora estarão disponiveis para downloads as Edições do Jornal do Brás em pdf, para que o internauta leia na íntegra o nosso jornal. Entre na seção de Edições do menu principal.

Caso não tenha um leitor de PDF, entre em www.adobe.com e baixe a última versão do Adobe Reader.

Webmaster

 
Sarampo provoca alerta de vacinação PDF
Classificação: / 0
FracoBom 
04-Jul-2019


Após mais de dois anos de posse do certificado de erradicação do sarampo, em março o Brasil perdeu este status conferido pela Organização Pan Americana de Saúde (OPAS), vinculada à Organização Mundial de Saúde (OMS). Com os casos em alta no país, a importância do diagnóstico da doença volta a ganhar destaque paralelamente às campanhas de vacinação.

No Brasil, com o recente surto da doença que tem castigado os estados do Norte do País, entre fevereiro de 2018 e fevereiro de 2019, foram registrados mais de 10,3 mil casos confirmados e 12 mortes, o que levou a perda do certificado de erradicação do sarampo. Agora, o vírus também começa a se manifestar no Sudeste: São Paulo (SP) registrou no mês de março o primeiro caso confirmado de sarampo desde setembro de 2015 - segundo informações da Secretaria Municipal da Saúde, a contaminação ocorreu na Noruega. Por outro lado, em Santos (SP) foi detectado o primeiro caso autóctone - ou seja, com origem na própria localidade - numa criança que já havia sido vacinada.

Os estados com maior número de infecções são Amazonas, Roraima e Pará, seguidos de Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Sergipe, Pernambuco, São Paulo, Bahia, Rondônia e Distrito Federal.

A imunização da doença deve ser realizada por meio da vacina tríplice viral, que protege contra sarampo, rubéola e caxumba. Está disponível em todos os postos de saúde e deve ser aplicada em duas doses. Fonte: MGAPress

 
< Anterior
 
Top! Top!