hostconect.net
Jornal do Brás Advertisement
Início seta Notícias seta Edição 361 seta Por que a Grécia quebrou?
19-Ago-2019
 
 
Menu Principal
Início
Edições
Notícias
Expediente
Links
Contato
Procurar
A História do Jornal
Jornalista Edu Martellotta
Cadastro de Empresas
Onde estamos
Campanha de Assinaturas
Jornal "O Braz"
Revista O Brazinha
Aniversário do Brás
EDIÇÃO 368 - 1ª quinzena de agosto/2019
Image                    

Redes Sociais
Image


Jornal do Brás

 

Image

 

Jornal do Brás

 

 

Image

 

Tarde de Chá

Estatísticas
Visitas: 6336623
Flash de Notícias

A partir de agora estarão disponiveis para downloads as Edições do Jornal do Brás em pdf, para que o internauta leia na íntegra o nosso jornal. Entre na seção de Edições do menu principal.

Caso não tenha um leitor de PDF, entre em www.adobe.com e baixe a última versão do Adobe Reader.

Webmaster

 
Por que a Grécia quebrou? PDF
Classificação: / 0
FracoBom 
18-Abr-2019
Image


Dr Emidio Severo*

 

O contentamento era grande e a euforia invadia os lares do país. O ufanismo e a militância eram galopantes. Daí, influenciado pelo populismo o Governo começou a distribuição gratuita de medicamentos para população. Era só ir a uma farmácia com a receita, pegar e levar.  O pagamento o Governo Federal fazia depois para a indústria farmacêutica! Bingo! A população estava adorando! Teve também um programa de moradias populares chamado  "minha casa minha vida" para a classe quase média, cujas obras invadiram o país. Viam-se obras em alagados, grotões, encostas, campos de futebol, onde até vereadores receberam casas. A indústria Automobilística nunca recebeu tantas renúncias, exonerações e incentivos fiscais. Era tudo igualzinho a "pinto no lixo". Só alegria!  A Industria do entretenimento, teatro, cinema e televisão nadavam de braçadas e qualquer cineasta simpático conseguia dinheiro para o longa-metragem dos sonhos. Qualquer cantor conseguia fazer shows milionários. A lei Rouanet pagava tudo.  O FIES era uma maravilha e nunca antes na história do país os pobres estudaram tanto! E sobre esse programa corria até uma boa piada: Cuidado! Não perca documentos na frente de certas faculdades, porque você pode receber um diploma em sua casa. Até os movimentos de sem-terra e sem-teto se credenciaram! Era uma festa. E se você acha que tudo isso foi excelente para o pobre, imagine como foi excepcional para os donos das empresas desses segmentos. Veja que os próprios empresários fiscalizavam as contas. Quanto dinheiro foi para o ralo! E soma-se a isso tudo,  as bolsas BNDES, Petrobrás, BB,  CEF,  Fundos de Pensões, bolsa do sistema S, bolsa imprensa, bolsa TV, bolsa Rádio, bolsa taxista, bolsa futebol americano, bolsa torneiro mecânico, bolsa oficina, bolsa dos Artistas, bolsa empreiteiras e ainda mais, as aposentadorias de favores, aumentos desenfreados às categorias do funcionalismo público, aumento do teto de gastos públicos, liberação para endividamento etc, etc, cuja soma de tudo ultrapassou os  4, 5 ou 6 trilhões de dólares, que foram drenados para o exterior ou para os bolsos de segmentos privilegiados. Oppsss! me desculpe! O meu artigo de hoje era para falar de como a Grécia quebrou. Mas não tem problema, posso dizer ainda que a Grécia quebrada teve que pegar trilhões de empréstimos e levará mais de 20 a 30 anos para sair dessas crises intermináveis. Assim, não precisamos nem falar da Grécia. O resultado é claro e a crise continua!

 

*Dr Emidio Severo é Advogado há 40 anos, inscrito na OAB-SP sob n° 58.098. Tem especialização em Direito Civil, Trabalhista, Empresarial e Imobiliário

 

 

 
< Anterior   Próximo >
 
Top! Top!