hostconect.net
Jornal do Brás Advertisement
Início seta Notícias Jornal do Brás seta Edição 346 seta Comércio varejista registra alta de 3,1%
22-Fev-2020
 
 
Menu Principal
Início
Edições Jornal do Brás
Notícias Jornal do Brás
Expediente
Links
Contato
Procurar
A História do Jornal
Jornalista Edu Martellotta
Cadastro de Empresas
Onde estamos
Campanha de Assinaturas
Jornal "O Braz"
Aniversário do Brás
Revista O Brazinha
Edições Jornal do Belém
EDIÇÃO 381 - 2ª quinzena de fevereiro/2020
Image                                  

Jornal do Belém Ed 1 - 20/01/2020
Image
Redes Sociais
Image


Jornal do Brás

 

Image

 

Jornal do Brás

 

 

Image

 

Tarde de Chá

Estatísticas
Visitas: 7352122
Flash de Notícias

A partir de agora estarão disponiveis para downloads as Edições do Jornal do Brás e do Jornal do Belém em pdf, para que o internauta leia na íntegra os nossos jornais. Entre na seção de Edições Jornal do Brás e Edições Jornal do Belém do menu principal.

Caso não tenha um leitor de PDF, entre em www.adobe.com e baixe a última versão do Adobe Reader.

Webmaster

 
Comércio varejista registra alta de 3,1% PDF
Classificação: / 0
FracoBom 
23-Ago-2018
Image

  O movimento de vendas do varejo paulistano cresceu em média 3,1% na primeira quinzena de agosto na comparação com o mesmo período de 2017, segundo o Balanço de Vendas da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). “O Dia dos Pais e as temperaturas mais baixas no período colaboraram para essa alta, já que aumenta a procura do consumidor por roupas e calçados da moda Outono-Inverno, cobertores, aquecedores. Se o frio continuar na segunda quinzena de agosto, é possível que o comércio termine agosto com crescimento ainda maior”, declara Marcel Solimeo, economista da ACSP. 
As vendas à vista ― que abarcam bens não duráveis como vestuário, calçados e acessórios ― subiram 1,5%. “Apesar de não ser um número robusto, trata-se de uma mudança de trajetória, visto que a modalidade à vista registrou fortes quedas em julho (-4%) e junho (-5,7%), já que o frio não havia chegado de maneira mais intensa e duradoura à capital paulista. A melhora do sistema à vista mostra que este Dia dos Pais foi das lembrancinhas.  
As comercializações a prazo ― como móveis, eletrodomésticos e eletroportáteis ― avançaram 4,7%, impulsionadas pelas melhores condições em relação ao ano passado, como juros mais baixos e prazos maiores. 
 
Variação mensal
Na comparação com a primeira quinzena de julho, o movimento de vendas caiu em média 0,3% nos primeiros 15 dias de agosto (que contou com um dia útil a mais). As transações a prazo recuaram 6,2% em função da base fraca de comparação de julho, quando a Copa do Mundo estimulou a compra de TVs; em agosto, esse efeito cessou. A queda também indica que neste Dia dos Pais foi baixa a procura por presentes de maior valor, ao passo que as lembrancinhas imperaram, levando as vendas à vista a uma elevação de 5,7%.   
O Balanço de Vendas é elaborado pelo Instituto de Economia Gastão Vidigal da ACSP, com amostra fornecida pela Boa Vista SCPC.

 
< Anterior   Próximo >
 
Top! Top!