hostconect.net
Jornal do Brás Advertisement
Início seta Notícias seta Edição 343 seta Região Brás/Mooca terá Vizinhança Solidária
19-Ago-2018
 
 
Menu Principal
Início
Edições
Notícias
Expediente
Links
Contato
Procurar
A História do Jornal
Jornalista Edu Martellotta
Cadastro de Empresas
Onde estamos
Campanha de Assinaturas
Jornal "O Braz"
Revista O Brazinha
Aniversário do Brás
EDIÇÃO 345 - 1ª quinzena de agosto/2018
 
Image
Curta-nos, siga-nos
Image


Jornal do Brás

 

Image

 

Jornal do Brás

 

 

Image

 

Tarde de Chá

Estatísticas
Visitas: 4625040
Flash de Notícias

Todo 1º domingo do mês, o Movimento Poético de São Paulo faz sarau no Parque do Piqueri

 
Região Brás/Mooca terá Vizinhança Solidária PDF
Classificação: / 0
FracoBom 
05-Jul-2018


Durante a última reunião do Conseg Brás/Mooca e Belenzinho dia 27 de junho último no Sesc Belenzinho, foi apresentado o programa Vizinhança Solidária, pelo deputado estadual Coronel Camilo, a convite do Jornal do Brás.

Com Projeto de Lei de sua autoria (PL 904/2017), o programa foi implantado inicialmente no bairro do Itaim e agora propõe que seja estendido a todo Estado de São Paulo. Na região, terá início na Mooca, pela 3ª Cia do 45º BPM/M e Conseg Brás/Mooca.

O objetivo do programa é estimular a mudança de comportamento de integrantes da comunidade, conscientizando-os de que a solidariedade, aproximação e interação entre si e com a polícia é a melhor forma de prevenir o crime e melhorar a segurança. Quando o programa surgiu em 2009, então comandante da Região Central, Camilo sempre visitava os Consegs e numa dessas reuniões, duas senhoras, Maristela e Luzia, queriam resolver o problema de furto na rua delas. “Furto é o crime mais difícil para a polícia combater. Mas na maioria das vezes, um vizinho viu”, asseverou ele, que produziu a Cartilha da Vizinhança Solidária com Dicas de Segurança. “A Vizinhança Solidária aumenta a qualidade de vida das pessoas, que se sentem mais seguras e o marginal, mais inseguro, pois evita cometer o crime e a PM passa a ser reconhecida pela comunidade”.

Próxima reunião dia 25 de julho no SENAI Theobaldo de Nigris (rua Bresser, 2.315) a partir das 19h45. Participe e ajude a resolver os problemas de segurança da sua região.

 

Image

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Image

O deputado estadual Coronel Camilo disse que a polícia trabalha com inteligência. “O crime tem três lados: infrator, vítima e meio ambiente (que gera os crimes de oportunidade). Todos somos vítimas em potencial. Temos que tomar cuidado com a segurança, mas sem paranoia”. Segundo ele, a implantação do programa se dá em três etapas: articulação na comunidade, engajamento com a PM e criação de um grupo no WhatsApp.

 

 

 

 

 

 

Image

Favelas da Radial Leste

A dinâmica presidente do Conseg, Wanda Herrero, comentou sobre as favelas sob o viaduto Bresser e nos baixos do viaduto Alcântara Machado. “Há um manifesto do major Castropil pedindo a remoção das favelas. Se 100 pessoas assinarem, será uma boa pressão”. E disse ainda: “A questão não é com a Igreja, é com o poder público de acordo com a Constituição, Secretaria de Assistência Social do município, inclusive o Governo Federal, com o Ministério de Assistência Social. Antes de 1988, durante a ditadura, havia as pastorais”.

 

 

 

 

 

 

Image

Arrastão inexistente

Cmt da 3ª Cia do 45º BPM/M, o capitão Ubirajara disse que, por meio de decisão judicial, foi dado prazo de 45 dias para a Prefeitura se manifestar sobre as favelas na Radial Leste. Sobre as supostas denúncias de arrastão, ele disse que não consta nenhum Boletim de Ocorrência de roubo. “Houve uma intervenção da Polícia Militar que foi fazer uma abordagem na frente da favela. Deram uma tijolada na cabeça de um dos policiais, aí houve um corre-corre”, explicou ele.

 

 

 

 

 

 

Image

Ruas contempladas na Mooca

Ao Jornal do Brás, o cmt da 3ª Cia do 45º BPM/M, capitão Ubirajara, disse que na implantação do Vizinhança Solidária, a comunidade vai reunir os vizinhos, para um acordo, e em seguida, entrar com contato com a Polícia Militar. Em duas ruas já foi implementado o programa: rua Itajaí e rua Benta Dias, ambas na Mooca, disse o capitão. “Há um mês, fizemos a inauguração das placas representativas do programa. Na outra etapa, faremos reuniões mensais com os moradores para verificar o andamento”, explicou o cmt, completando que o programa poderá ser expandido a outras ruas. O capitão Ubirajara, há mais de um ano na 3ª Cia, informou ainda que voltou o patrulhamento com bicicletas, além das motos, viaturas, Ronda Escolar e a pé.

 

 

 

 

 

 

 

Image

Pedido ao Deputado

Por sua vez, o diretor do Jornal do Brás, Milton George, lembrou da fundação do Conseg, na redação do Jornal do Brás, em abril de 1990, com o delegado Dr Gerson de Carvalho. “O Conseg surgiu com essa finalidade, de harmonizar a comunidade junto às autoridades para o bem da região. Há uma sintonia, bom entendimento, receptividade, calor, integração e respeito”. Ao final da reunião, fez uma reivindicação ao Coronel Camilo: “A região é sofrida de miséria humana, e carente do poder público. Precisamos do poder político para poder acionar os poderes públicos estadual e municipal. Queremos sua parceria política na região para que as Secretarias olhem para os Consegs”. O Coronel Camilo respondeu: “Sempre tive um carinho muito grande pelo Brás desde que comandei o CPA/M-1. Implantei a Operação Delegada na região. Podem contar comigo”.

 
< Anterior   Próximo >
 
Top! Top!