hostconect.net
Jornal do Brás Advertisement
Início seta Notícias Jornal do Brás seta Edição 342 seta Brás, 200 Anos de Fundação
18-Fev-2020
 
 
Menu Principal
Início
Edições Jornal do Brás
Notícias Jornal do Brás
Expediente
Links
Contato
Procurar
A História do Jornal
Jornalista Edu Martellotta
Cadastro de Empresas
Onde estamos
Campanha de Assinaturas
Jornal "O Braz"
Aniversário do Brás
Revista O Brazinha
Edições Jornal do Belém
EDIÇÃO 380 - 1ª quinzena de fevereiro/2020
Image                                 

Jornal do Belém Ed 1 - 20/01/2020
Image
Redes Sociais
Image


Jornal do Brás

 

Image

 

Jornal do Brás

 

 

Image

 

Tarde de Chá

Estatísticas
Visitas: 7329452
Brás, 200 Anos de Fundação PDF
Classificação: / 0
FracoBom 
21-Jun-2018
Image


A história é uma Luz que ilumina os caminhos da humanidade

Antão Ouriques de Farias

O Brás nasceu com a história do advento de São Paulo. Com padre José de Anchieta e o padre Manuel da Nóbrega, e com a Chácara do José Brás, que deu o nome ao bairro do Brás.

O português José Brás construiu a Igreja do Bom Jesus de Matosinhos, ao lado da sua chácara. Foi homologada por D. João VI em 8 de junho de 1818. O II Centenário do bairro do Brás. Os imigrantes italianos foram os primeiros a chegar no bairro, em segundo os espanhóis e terceiro, os libaneses e após a Segunda Guerra Mundial, foram chegando o nosso povo do Nordeste brasileiro, unindo aos irmãos estrangeiros que deram impulso às indústrias e comércio de vestuário. Atualmente, o Brás é o maior centro do Vestuário do Brasil e da América Latina.

O Brás fez a sua história com grandes jornalistas, escritores, cantores, compositores e poetas.

Muitos aqui nasceram, como Isaurinha Garcia, Paraguassú, o Maestro Alberto Marino, autor da música “Rapaziada do Brás” e o seu filho Desembargador Prof. Alberto Marino Júnior, autor da letra, meu professor de Direito Penal. Nasceu no Brás o meu colega da Faculdade de Direito Ernesto Paulelli, o Arnesto do Samba de Adoniran Barbosa.

Image

 

 

 

 

Isaura Garcia

 

 

 

 

 

 

 

Os que viveram no bairro do Brás foram vários, Nelson Gonçalves, Francisco Alves, Adoniran Barbosa, Costa Valente. Os fundadores do Movimento Poético Nacional têm rastros profundos no Brás, como Adriano Augusto, Domingos Lage, Carlos Moreira e outros.

Quero homenagear a Associação Paulista de Imprensa – API, com sua fundação em 1º de maio de 1933, sendo o primeiro presidente o Príncipe dos Poetas, Guilherme de Almeida.

 

 

Image

 

 

 

 

 

Alberto Marino

 

 

 

 

 

 

 

O fundador do Jornal do Brás, diretor-presidente Milton George Thame, o jornalista Eduardo Cedeño Martellotta, poeta Midelandi, eu, colunista Antão Ouriques de Farias, Kênia Mota pedagoga e também colunista.

O futebol brasileiro nasceu no Brás, em 14 de abril de 1895, pelo brasense Charles Miller. Ele nasceu na rua Monsenhor Andrade, foi estudar na Inglaterra, lá jogou futebol, voltando ao Brasil, realizou o primeiro jogo de futebol do Brasil, na Várzea do Carmo, Brás. Ele jogou a partida, sendo o seu time vitorioso por 4 a 2. O Brás tem muita história.

Image

Para registrar na história o II Centenário, eu fiz a letra “O Bairro do Brás”, cuja música será gravada pelo cantor Zé Wilson. E Salve o bairro do Brás, que representa São Paulo e o nosso Brasil, o maior comércio de Vestuário da América Latina.

Antão Ouriques de Farias, católico praticante, é escritor, historiador e pesquisador.

 
< Anterior   Próximo >
 
Top! Top!