hostconect.net
Jornal do Brás Advertisement
Início seta Notícias Jornal do Brás seta Edição 332 seta Salve o Natal de Jesus Cristo
24-Fev-2020
 
 
Menu Principal
Início
Edições Jornal do Brás
Notícias Jornal do Brás
Expediente
Links
Contato
Procurar
A História do Jornal
Jornalista Edu Martellotta
Cadastro de Empresas
Onde estamos
Campanha de Assinaturas
Jornal "O Braz"
Aniversário do Brás
Revista O Brazinha
Edições Jornal do Belém
EDIÇÃO 381 - 2ª quinzena de fevereiro/2020
Image                                  

Jornal do Belém Ed 1 - 20/01/2020
Image
Redes Sociais
Image


Jornal do Brás

 

Image

 

Jornal do Brás

 

 

Image

 

Tarde de Chá

Estatísticas
Visitas: 7360597
Flash de Notícias

Prezados Amigos,
Prezadas Amigas,


Permitimo-nos apresentar para sua apreciação, a primeira edição do Jornal do Belém, de portas abertas e páginas abertas à disposição dos moradores da região, empresários, autoridades, lideranças comunitárias e simpatizantes, com a mesma dedicação dos mais de 30 anos de nosso Jornal do Brás.
Ao ensejo, rogamos seu incentivo para essa nova bandeira da Região Brás/Belém.

Abraço Fraterno,
Milton George

 


 
Salve o Natal de Jesus Cristo PDF
Classificação: / 0
FracoBom 
06-Dez-2017
Image


A Árvore de Natal simboliza o nascimento de nosso Senhor Jesus Cristo

Antão Ouriques de Farias

O nosso Senhor Jesus Cristo veio ao mundo por meio da Virgem Maria, filha de casal de plena pureza, São Joaquim e Santa Ana.

Quando do nascimento de Jesus Cristo, profetizado por Isaías, f.14, disse o profeta Isaías do ventre de uma Virgem Maria: “Haverá de nascer o Salvador da Humanidade. Maria é obra de santidade, por ser a eleita de Deus. A escolhida de Deus para ser Mãe de Jesus Cristo, o Salvador da Humanidade”.

Image

A árvore do Natal é sinal de uma nova Vida. O nascimento de Jesus Cristo, o nosso Salvador é Vida e Luz do Mundo. O filho de Deus, nosso Pai Supremo. Portanto, Jesus é Luz do Mundo, na união como Pai. Em São João 8.12, Jesus fala “Sou a Luz do Mundo. Aquele que me segue não andará em trevas, porque terá a Luz da Vida”.

 

 

 

 

 

 

 

 

Image

A origem da Árvore de Natal

A história da festiva árvore começa nas florestas da Germânia no século VIII. Havia um grupo de tribos pagãs, para domesticar na fé cristã. O bispo São Bonifácio realizou uma viagem a Roma, foi pedir conselho ao papa Gregório 11. Voltando da missão, surpreendeu alguns nativos a ponto de realizar um holocausto humano pelos costumes da época. São Bonifácio mandou libertar os nove meninos que seriam vítimas, como prova da sua fé diante do Cordeiro de Deus. O bispo mandou abater o enorme carvalho o qual se realizaria o holocausto, o sacrifício. Os pagões se arrependeram e muitos pediram o sacramento do Batismo.

A queda da árvore representou a queda do paganismo naquela região. Os germanos já então pacificados adotaram os pinheiros como um símbolo cristão. Ele aponta para o Céu. A sua ramagem verde lembra aquele que nos concedeu a vida eterna. Representa a graça em honra de Jesus Cristo recém-nascido. Anos mais tarde a árvore de Natal transpôs as fronteiras da Alemanha e nos séculos XVIII e XIX tornou-se comum entre a nobreza europeia, alcançando as cortes da Áustria, França e Inglaterra, até a longínqua Rússia e se difundido por todo povo europeu e o mundo.

No centro da Cristandade, em plena praça de São Pedro, todos os anos é erguida uma árvore de grandes proporções, tocada pela sua beleza e simbolismo. O saudoso papa João Paulo II se referiu a ela em dezembro de 2004.

A festa do Natal é a mais querida das tradições, extremamente rica de símbolos ligados às diferentes culturas e entre todos, o mais importante é, sem dúvida, o presépio.

A árvore de Natal é um sinal da vida que nunca perece. A vida eterna. Salve o nosso senhor Jesus Cristo e glória à Santíssima Trindade, o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Salve Jesus, Maria e José. Amém.

Antão Ouriques de Farias, ministro da Comunhão Eucarística, é escritor, historiador e pesquisador.

 
< Anterior   Próximo >
 
Top! Top!