hostconect.net
Jornal do Brás Advertisement
Início seta Notícias Jornal do Brás seta Edição 315 seta Região Brás entra no eixo Cidade Linda
27-Fev-2020
 
 
Menu Principal
Início
Edições Jornal do Brás
Notícias Jornal do Brás
Expediente
Links
Contato
Procurar
A História do Jornal
Jornalista Edu Martellotta
Cadastro de Empresas
Onde estamos
Campanha de Assinaturas
Jornal "O Braz"
Aniversário do Brás
Revista O Brazinha
Edições Jornal do Belém
EDIÇÃO 381 - 2ª quinzena de fevereiro/2020
Image                                  

Jornal do Belém Ed 1 - 20/01/2020
Image
Redes Sociais
Image


Jornal do Brás

 

Image

 

Jornal do Brás

 

 

Image

 

Tarde de Chá

Estatísticas
Visitas: 7374092
Flash de Notícias

Caro Internauta, continuamos a disponibilizar nossas edições em PDF publicamente e para receber nossas novidades é só fazer o cadastro clicando aqui assim será sempre avisado de nossos conteúdos e eventos.

 att,

 Equipe Jornal do Brás

 
Região Brás entra no eixo Cidade Linda PDF
Classificação: / 0
FracoBom 
22-Mar-2017


Atendendo os bairros do Brás, Pari, Mooca, Belém, Tatuapé e Água Rasa, a Prefeitura Regional da Mooca é administrada há dois meses por Paulo Sergio Criscuolo, moquense, 66 anos, engenheiro civil formado também em Advocacia, com curso em Administração de Empresas, além de Conselheiro do Clube Atlético Juventus.

Em entrevista em seu gabinete, dia 10 de março último, Criscuolo enumerou seus projetos e ações para região, especialmente o eixo Brás/Pari. A prioridade, disse ele, é a Operação Cidade Linda, que será realizada no Brás no próximo dia 8 de abril, começando no Largo da Concórdia e se alastrando pela avenida Celso Garcia.

Image

Criscuolo informou também, que em 2 meses, nos pedidos de SAC, foram atendidos em média, 60% dos pedidos pendentes, como tapa-buraco e poda de árvore. Ele ressaltou que os recapeamentos precisam ser feitos nas ruas, de ponta a ponta. “Assim que melhorar as condições de arrecadação vamos ter todas as ruas recapeadas, principalmente as artérias de ligação”, disse.

 

Feira da Madrugada

No Brás serão feitas operações de zeladoria, limpeza de boca de lobo e manutenção de alguns equipamentos, sendo a grande problemática a Feira da Madrugada. “Estamos iniciando tratativas com outras secretarias - Trabalho, Segurança Urbana e Ação Social para que a Feira tenha outra visibilidade e zeladoria, organizando todo o comércio do Brás, que ficou deixado de lado”. Segundo ele, irá ser feita uma ação específica com proprietários de shoppings, ambulantes de rua e lojistas no sentido de aproximar as três partes e fazer esta organização, resolvendo os problemas pontuais da Feira nos próximos meses, e ativando o Circuito de Compras.

 

 

ImageLimpeza

Em relação à limpeza do Brás, há um cronograma da Operação Cata-Bagulho, disse ele, de forma diferenciada do que foi feito no passado. “As limpezas precisam ser feitas com mais intensidade (mais dias para o recolhe) e com mais contundência nos pontos viciados de entulho e lixo têxtil. Precisamos da colaboração e conscientização dos ambulantes e comerciantes”. Ele completou explicando que uma coisa é o lixo ocasionado pela fabricação de produtos e outra é o descarte de produtos. Nas últimas duas semanas, na famosa Praça do Coco, a Prefeitura tirou 500 cocos de dentro dos bueiros, informou Criscuolo.

 

 

Image

Plantio de árvores 

Sobre a ilha de calor presente no bairro do Brás, pela falta de área verde, ele disse: “Vamos retomar o plantio de árvores. Onde está sendo feita poda de árvores, vamos fazer uma reposição do plantio de árvores”. O esforço será maior, acrescentou, porque existe disputa do espaço público entre o ambulante e o proprietário de loja ou shopping.

 

Saúde

A respeito da distribuição de remédios nas UBSs e UPAs, no final da gestão do prefeito Fernando Haddad, havia 156 tipos de remédios em falta. O atual prefeito João Doria já colocou 56 à disposição e o restante depende de uma lei complementar do governador Geraldo Alckmin, com distribuição a partir de 20 de março, disse o prefeito regional.

Sobre o Corujão da Saúde, Doria tem escolhido os hospitais com facilidade de transporte. “Estamos chegando a 70% da meta do Corujão, que pretende zerar a fila de exames, até maio” – explicou Criscuolo.

Image

Celso Garcia – Corredor imenso

Para ele, a Celso Garcia não pode ser tratada como uma avenida e sim, como um grande corredor expressivo e rota de fuga da Radial Leste. Por esse motivo, será retomado o trabalho de troca das tubulações e linhas de drenagem na área em conjunto com a Sabesp e outros órgãos, em atividades realizadas fora do horário normal, por conta do grande fluxo de pessoas.

Já na Praça Padre Bento, é preciso uma intervenção maior, com outras secretarias, como a de Obras e Serviços. Criscuolo disse que existem projetos para fazer a nova drenagem da praça, amenizando os alagamentos por conta das chuvas. “O estudo apontou que é necessário aumentar o diâmetro das tubulações, devido ao grande trânsito e público flutuante”.

 

Rua Coimbra

Finalizando a entrevista, o prefeito regional Paulo Sergio Criscuolo conversou sobre a rua Coimbra, ponto de encontro da comunidade boliviana. “Vamos fazer uma ação diferente com a comunidade. A ideia do Doria, como empresário e com outra visão, é a de uma intervenção ou rua exclusiva para não ter disputa entre o poder público e o privado ou com o ambulante”.

 

 

 

 
Próximo >
 
Top! Top!