hostconect.net
Jornal do Brás Advertisement
Início seta Notícias seta Edição 303 seta Criou-se um cadáver político vivo
21-Set-2019
 
 
Menu Principal
Início
Edições
Notícias
Expediente
Links
Contato
Procurar
A História do Jornal
Jornalista Edu Martellotta
Cadastro de Empresas
Onde estamos
Campanha de Assinaturas
Jornal "O Braz"
Revista O Brazinha
Aniversário do Brás
EDIÇÃO 371 - 2ª quinzena de setembro/2019
Image                       

Redes Sociais
Image


Jornal do Brás

 

Image

 

Jornal do Brás

 

 

Image

 

Tarde de Chá

Estatísticas
Visitas: 6520883
Criou-se um cadáver político vivo PDF
Classificação: / 0
FracoBom 
19-Set-2016
Image



General Francisco Batista Torres de Melo 

A luta política atual no Brasil parece que terminou, quando na realidade criou-se UM CADÁVER POLÍTICO VIVO que irá ser utilizado com grande eficiência pela esquerda. Quando a tiraram da presidência e a deixaram com todos os direitos políticos deram a ela, esquerda, o maior instrumento que eles precisavam para sua sobrevivência.
A história nos ensina que UM CADÁVER é uma arma poderosa no campo da luta pelo PODER. O maior exemplo na história brasileira é o de GETÚLIO VARGAS, que ainda, depois de 50 anos é utilizado pela esquerda. Quase transformam JUSCELINO em outro, mas não deu.
O cadáver de Lenin é outro grande exemplo de exploração de um MORTO. Era preciso substituir a figura sagrada do TZAR por outra. Quem foi a Moscou, antes da queda da URSS, não deixou de ver a figura do líder que era o novo Deus.
Aqui, na América Latina, adoram criar deuses. Atualmente temos um tal de CHAVES que aparece para seu povo até como um passarinho.
A nossa ex-presidente vai sair por aí gritando que é uma injustiçada, que cometeram este crime para que os exploradores do povo fossem salvos. Vai mentir aos borbotões, afirmando que tudo começou na CIA, que querem ficar com o nosso petróleo e por aí afora. Vai se apresentar como vítima do machismo e tudo que foi dito contra ela é mentira deslavada e que ela não sabia de nada.
Vão tentar voltar ao Poder em 2018 e se não for resolvido parte da desgraça que vivemos eles irão voltar ao PODER e infelizes dos que a combateram.
Os mais falsos argumentos podem mostrar um ódio correto.
Karl Kraus
O ódio domina a política brasileira.
O ódio é filho da mentira.

General de Divisão do Exército Brasileiro, Francisco Batista Torres de Melo, foi Comandante Geral da Polícia Militar do Estado de São Paulo em 1976 e atualmente é coordenador do Grupo Guararapes – http://www.militar.com.br/blog-de-GrupoGuararapes-2099

 
< Anterior   Próximo >
 
Top! Top!