hostconect.net
Jornal do Brás Advertisement
Início seta Notícias Jornal do Brás seta Edição 302 seta O valor do Jornal de Bairro
17-Fev-2020
 
 
Menu Principal
Início
Edições Jornal do Brás
Notícias Jornal do Brás
Expediente
Links
Contato
Procurar
A História do Jornal
Jornalista Edu Martellotta
Cadastro de Empresas
Onde estamos
Campanha de Assinaturas
Jornal "O Braz"
Aniversário do Brás
Revista O Brazinha
Edições Jornal do Belém
EDIÇÃO 380 - 1ª quinzena de fevereiro/2020
Image                                 

Jornal do Belém Ed 1 - 20/01/2020
Image
Redes Sociais
Image


Jornal do Brás

 

Image

 

Jornal do Brás

 

 

Image

 

Tarde de Chá

Estatísticas
Visitas: 7326267
O valor do Jornal de Bairro PDF
Classificação: / 0
FracoBom 
05-Set-2016
Image

Por Pedro Nastri

 

O Brasil é o segundo país com o maior número de jornais de bairro no mundo. Somos mais de quatro milhões de exemplares distribuídos gratuitamente, porta a porta, semanalmente. Faça chuva ou faça sol.  Um número expressivo se levarmos em conta a tiragem dos grandes veículos de comunicação.

Somos nós que vivemos o dia-a-dia da comunidade a que pertencemos; atendemos os anseios de nossa região; informamos coisas da comunidade; alavancamos o comércio local; cobrimos os eventos regionais, que para muitos não tem a menor importância; cobramos, junto as Subprefeituras, o fechamento daquele buraco feito na calada da noite; levamos as informações menosprezadas pelos grandes órgãos de imprensa, enfim, somos os autênticos representantes de nossa comunidade.

Como se isso não bastasse, somos, também, geradores de empregos: contatos publicitários, jornalistas, diagramadores, fotógrafos, entregadores, e tantos outros, têm o sustento de sua família garantido trabalhando nestes veículos de comunicação.

Porém, somos marginalizados pelos governos Federal, Estadual e Municipal, que não conseguem enxergar a importância do Jornal de Bairro.

Embora exista uma lei que regulamenta a destinação de uma fatia da verba publicitária dos Governos aos Jornais de Bairro, esta não vem sendo cumprida ou destinada a alguns jornais que se curvam, por motivos de sobrevivência, às imposições de nossos governantes.

Não temos um verdadeiro representante de nossa classe para lutar por nossos direitos.

Alguns Jornais de Bairro uniram-se para formar Associações Regionais. Já é um bom começo. Nós, abnegados da imprensa regional, sabemos o quanto amamos o que fazemos e as quantas duras penas sobrevivemos.

Portanto, compete a nós, porta-voz das várias regiões de São Paulo, sobreviver com respeito e dignidade dando direito ao povo de reivindicar suas prioridades.

 

“Se tivesse que decidir se devemos ter governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último”.

Thomas Jefferson, (1743 - 1826), estadista e ex-presidente dos EUA.

 

Pedro Nastri é jornalista, presidente da UBI – União Brasileira de Imprensa.

 

 

 

 

 

 

 
< Anterior   Próximo >
 
Top! Top!