hostconect.net
Jornal do Brás Advertisement
Início seta Notícias Jornal do Brás seta Edição 269 seta Sindcisp quer barracas padronizadas no Brás
26-Fev-2020
 
 
Menu Principal
Início
Edições Jornal do Brás
Notícias Jornal do Brás
Expediente
Links
Contato
Procurar
A História do Jornal
Jornalista Edu Martellotta
Cadastro de Empresas
Onde estamos
Campanha de Assinaturas
Jornal "O Braz"
Aniversário do Brás
Revista O Brazinha
Edições Jornal do Belém
EDIÇÃO 381 - 2ª quinzena de fevereiro/2020
Image                                  

Jornal do Belém Ed 1 - 20/01/2020
Image
Redes Sociais
Image


Jornal do Brás

 

Image

 

Jornal do Brás

 

 

Image

 

Tarde de Chá

Estatísticas
Visitas: 7369321
Flash de Notícias

Gostaria de receber nossas novidades? cadastre-se aqui e receba o nosso newsletter, sempre ficará por dentro de tudo do nosso jornal. Agora se realmente quer novidades sobre nossas edições e atualizações de nosso site em tempo real, adcione o nosso feeds RSS no seu programa predileto de leitor de notícias.

 
Sindcisp quer barracas padronizadas no Brás PDF
Classificação: / 1
FracoBom 
08-Abr-2015


Image

Em visita à nossa redação, dia 30 de março último, o presidente do Sindcisp – Sindicato dos Camelôs Independentes de São Paulo, Ronei Rodrigues, informou que o sindicato quer introduzir no Brás o projeto “Ambulante Legal”, em parceria com a Subprefeitura Mooca. “O objetivo é trazer de volta a visibilidade do comércio no bairro, que está esquecido atualmente” – disse Ronei, acrescentando que, pelo projeto, as barracas dos vendedores ambulantes serão padronizadas. Cada rua do Brás terá uma cor diferente nas barracas, expandindo para o Pari, nas ruas Tiers e Vautier.

“Queremos mostrar que o Brás ainda é um lugar organizado e bom de fazer compras” – explicou. O Sindcisp pretende fazer com que o Ambulante Legal limpe a calçada onde trabalha. Cada um terá uma pá, uma vassoura e um cesto de lixo.

Ronei já mostrou o projeto para o subprefeito da Mooca Evando Reis, que aprovou, segundo ele, e também para a vice-prefeita Nádia Campeão durante sua recente visita ao Brás.

Atualmente, cerca de 450 barracas estão nas ruas do Brás, informou Ronei, sendo 209 com o Termo de Permissão de Uso – TPU de 2009. Ronei quer trazer para o projeto, com autorização da Prefeitura, os ambulantes que tiveram os TPUs cassados em 2006, 2007 e 2008 (gestão Gilberto Kassab), o que totaliza cerca de 7.000.

Feira da Madrugada: só chineses

A opção do Sindcisp em trazer os ambulantes para as ruas se deu por dois motivos. O primeiro, disse Ronei, é que atualmente a Feira da Madrugada comporta, em sua maioria, ambulantes chineses. “Nós nordestinos não temos a oportunidade de estarmos lá dentro” – disse ele. Outro é que os shoppings populares do Brás não têm alvará, de acordo com Ronei, e nenhuma segurança. “Como colocar os ambulantes em um local desse que não tem rota de fuga, ambulância e muito menos segurança?” – questionou o presidente do Sindcisp. Ele lembra que até hoje a Prefeitura não chamou os ambulantes para o sorteio de 7.500 cadastros.

Image

Com o projeto, Ronei espera que o lojista do Brás tenha mais visibilidade e o ambulante, mais conforto, já que só poderá vender mercadoria com procedência, emitindo nota fiscal, e sua barraca deverá ter a metragem dentro da lei. Outro ponto positivo é que a Subprefeitura Mooca não terá mais gastos com agentes vistores, ou seja, o próprio Sindcisp ficaria responsável pela fiscalização.

Creche e projeto com jovens

Ronei, que lembrou das suas dificuldades na infância – a mãe Maria Elza, ambulante há 35 anos, veio para o Brás em 1978, e enfrentou vários rapas, e ele foi criado dentro uma caixa de papelão, está criando a primeira creche do Sindcisp, em parceria com a Secretaria Municipal da Educação, na rua João Boemer, 1.290. O espaço deverá ser inaugurado em breve, segundo ele.

Outro projeto do Sindcisp será com jovens, com a implantação de cursos e reforço escolar dentro do sindicato, situado na rua Visconde de Abaeté, 109, sala 7. Informações pelo e-mail Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email .

 

 

 

 

 

 

 

 

 
< Anterior   Próximo >
 
Top! Top!