hostconect.net
Jornal do Brás Advertisement
Início seta Notícias Jornal do Brás seta Edição 261 seta Casarão da Celso Garcia será reformado
22-Fev-2020
 
 
Menu Principal
Início
Edições Jornal do Brás
Notícias Jornal do Brás
Expediente
Links
Contato
Procurar
A História do Jornal
Jornalista Edu Martellotta
Cadastro de Empresas
Onde estamos
Campanha de Assinaturas
Jornal "O Braz"
Aniversário do Brás
Revista O Brazinha
Edições Jornal do Belém
EDIÇÃO 381 - 2ª quinzena de fevereiro/2020
Image                                  

Jornal do Belém Ed 1 - 20/01/2020
Image
Redes Sociais
Image


Jornal do Brás

 

Image

 

Jornal do Brás

 

 

Image

 

Tarde de Chá

Estatísticas
Visitas: 7348658
Casarão da Celso Garcia será reformado PDF
Classificação: / 0
FracoBom 
24-Nov-2014
Image

Prédio terá uso de caráter cultural

 

Eduardo Cedeño Martellotta

O antigo Casarão da av. Celso Garcia, situado no número 879, recebe atualmente serviços de limpeza e proteção, segundo informou a assessoria de comunicação da Secretaria Municipal de Cultura

Em nota enviada à nossa redação, a assessoria explica que está em andamento a fase de escoramento e proteção do prédio, que está muito deteriorado, para que em seguida seja possível a entrada dos técnicos para elaboração de um projeto de reforma do espaço.

Disse ainda que, antes de iniciar uma obra é preciso garantir a segurança das pessoas envolvidas na etapa de elaboração de projeto, que ainda precisará, depois de pronto, ser licitado. A nota finaliza informando que o casarão deverá ter uso de caráter cultural.

 

De DP a cortiço

Sua história é bastante curiosa uma vez que o local foi conhecido no passado como Casarão Cutrale, pois acredita-se que tenha sido construído no início do século XX pela família Cutrale. Chama a atenção o casarão pelas suas colunas jônicas, pelos ornamentos e o brasão na porta de entrada.

Posteriormente foi desocupado e transformado em delegacia, assim permanecendo por muitos anos até que finalmente a polícia ganhou um imóvel próprio na região.

Com o local abandonado desde meados da década de 1970, o imóvel foi invadido e tornou-se um grande cortiço que só foi desocupado por volta do ano 2000.

 

 
< Anterior   Próximo >
 
Top! Top!