hostconect.net
Jornal do Brás Advertisement
Início seta Notícias Jornal do Brás seta Edição 259 seta Ciclovia prejudica comércio no Pari e Canindé
14-Jul-2020
 
 
Menu Principal
Início
Edições Jornal do Brás
Notícias Jornal do Brás
Expediente
Links
Contato
Procurar
A História do Jornal
Jornalista Edu Martellotta
Cadastro de Empresas
Onde estamos
Campanha de Assinaturas
Jornal "O Braz"
Aniversário do Brás
Revista O Brazinha
Edições Jornal do Belém
EDIÇÃO 385 - 2ª quinzena de abril/2020
Image                                      

Jornal do Belém Ed 2 - 12/03/2020
Image  
Redes Sociais
Image


Jornal do Brás

 

Image

 

Jornal do Brás

 

 

Image

 

Tarde de Chá

Estatísticas
Visitas: 8223551
Flash de Notícias

Prezados Amigos,
Prezadas Amigas,


Permitimo-nos apresentar para sua apreciação, a primeira edição do Jornal do Belém, de portas abertas e páginas abertas à disposição dos moradores da região, empresários, autoridades, lideranças comunitárias e simpatizantes, com a mesma dedicação dos mais de 30 anos de nosso Jornal do Brás.
Ao ensejo, rogamos seu incentivo para essa nova bandeira da Região Brás/Belém.

Abraço Fraterno,
Milton George

 


 
Ciclovia prejudica comércio no Pari e Canindé PDF
Classificação: / 1
FracoBom 
23-Out-2014
Eduardo Cedeño Martellotta

 

Os 3,3 km de ciclovia implantados nos bairros do Pari e Canindé têm causado muitos transtornos e prejuízos aos comerciantes e empresários ali instalados. O Jornal do Brás fez todo o trajeto e verificou que em vários locais onde passa a ciclovia consta a placa Proibido Estacionar, como é o caso das ruas Hannemann, Rio Bonito e Conselheiro Dantas, onde o comércio é intenso e o movimento de bicicletas, pequeno. Muitos comerciantes reclamam e querem a ciclovia em outro lugar.

Nilton Campos de Oliveira é proprietário da empresa New Arte Indústria e Comércio de Bijuterias e também de um imóvel na rua Pedro Vicente, 466, onde a ciclovia passa em cima da calçada e não na rua.

O empresário contou que a calçada do seu imóvel foi recuada em quatro metros para estacionamento de carros de clientes. Acontece que a ciclovia ocupa os quatro metros que foram recuados. “Eu não sou contra a ciclovia, só acho que deveria passar em um lugar que não afeta o comércio. A ciclovia atrapalha os meus clientes que estacionam na minha porta para comprar. Pagamos impostos. A ciclovia tinha que ser melhor estudada e feita num lugar apropriado, não aqui no meio do comércio”, explicou Nilton.

Ele reclama que não foi consultado pela Prefeitura, contra quem ele está entrando com uma ação. “Fizeram a ciclovia na minha propriedade. Vou entrar com uma ação e desmanchar o que pintaram lá. Consta na minha escritura que a propriedade é minha. A ciclovia deveria passar numa via pública e não dentro do meu terreno”, queixa-se o comerciante.

Bar perde clientes

O proprietário do famoso Bar do Jô, Joilson Batista Araújo, também é contra a instalação da ciclovia na rua onde está o seu estabelecimento, na Conselheiro Dantas, 475, Pari. A sua reclamação é a mesma de Nilton: os clientes não podem mais estacionar na frente do bar. A CET colocou ali uma placa que proíbe o estacionamento de veículos.

Jô acha que o lugar apropriado para as ciclovias seria um parque ou uma praça. “Fazer aqui no meio do comércio é muito complicado. Há risco de atropelamento”, disse ele, mostrando que a ciclovia que passa pelo seu estabelecimento é bastante perigosa e apresenta curvas, colocando a vida das pessoas em risco.

O movimento no Bar do Jô caiu muito depois que foi pintada a ciclovia, de acordo com Jô. Ele lembra que o estacionamento antes era permitido no local. “Não veio mais ninguém aqui, não sei o que faço”, asseverou, na esperança da Prefeitura reestudar essa implantação em locais inadequados, que está causando prejuízos e multas absurdas, esdrúxulas e excrescentes na região Brás/Pari.

Av. Bom Jardim

A ciclovia Pari/Canindé ganhou 600 metros na av. Bom Jardim. Com isso, agora são 3,9 km de extensão.

Image

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Image

 

 

Empresário Nilton Campos não quer a ciclovia na sua calçada

 

 

 

 

 

 

 

Image

 


 


 

 


 

 
< Anterior   Próximo >
 
Top! Top!