hostconect.net
Jornal do Brás Advertisement
Início seta Notícias Jornal do Brás seta Edição 234 seta Flashes do Nordeste
25-Mai-2020
 
 
Menu Principal
Início
Edições Jornal do Brás
Notícias Jornal do Brás
Expediente
Links
Contato
Procurar
A História do Jornal
Jornalista Edu Martellotta
Cadastro de Empresas
Onde estamos
Campanha de Assinaturas
Jornal "O Braz"
Aniversário do Brás
Revista O Brazinha
Edições Jornal do Belém
EDIÇÃO 385 - 2ª quinzena de abril/2020
Image                                      

Jornal do Belém Ed 2 - 12/03/2020
Image  
Redes Sociais
Image


Jornal do Brás

 

Image

 

Jornal do Brás

 

 

Image

 

Tarde de Chá

Estatísticas
Visitas: 7934784
Flash de Notícias

A partir de agora estarão disponiveis para downloads as Edições do Jornal do Brás e do Jornal do Belém em pdf, para que o internauta leia na íntegra os nossos jornais. Entre na seção de Edições Jornal do Brás e Edições Jornal do Belém do menu principal.

Caso não tenha um leitor de PDF, entre em www.adobe.com e baixe a última versão do Adobe Reader.

Webmaster

 
Flashes do Nordeste PDF
Classificação: / 0
FracoBom 
07-Ago-2013


ImageAntão Ouriques de Farias

 

Os registros históricos mostram que a formação do Estado deu-se por criadores de gado, que penetravam através do Rio São Francisco para uma região mais propícia para criar seus gados.

Fatos históricos: só a partir de meados do século XVII, o Piauí começa a ser efetivado com as expedições oficiais, sem maiores consequências. bandeirantes e colonos instalaram os primeiros povoados na região iniciando combater grupos de índios, os tremembés, para construírem curais de gado nas margens dos Rios Piauí, Canindé e Parnaíba.

Em 1811 o Piauí separa-se do Maranhão e torna-se capitania. Já havia grandes várias fazendas de gado e dezenas de vilas, consolidadas para garantir a autonomia, aderiram à independência, enfrentaram as forças portuguesas, aliados a maranhenses e cearenses e agitados por insurreição de caráter social e popular, a Balaiada.

O Piauí é o Estado com menor trecho de costa, 66 km, trata-se de um litoral privilegiado, na fronteira com o Maranhão. No oeste, situa-se o delta do Rio Parnaíba, regiões de praias de areia fina, tomadas por dunas e coqueirais. Teresina é a única capital nordestina que não fica à beira-mar.

Além da riqueza ambiental do delta Parnaíba, o turismo no Piauí se apoia em importantes sítios arqueológicos. O Parque Nacional da Serra da Capivara, considerado patrimônio pela UNESCO. E o Parque Nacional das Sete Cidades, no norte, onde encontra-se rupestres.

A economia é baseada no comércio, na indústria têxtil, bebidas, agricultura, soja, algodão, arroz, cana de açúcar, mandioca, produção de mel, caju, o setor terciário em Picos e produção de biodiesel através da mamona em Floriano. Mineração no Vale do Rio Doce.

Image

 

 

 

Teresina

 

 

 

Vale ressaltar que o Piauí é dotado de grandes reservas de águas subterrâneas artesianas. Em 2009 foi anunciada a descoberta de uma jazida de ferro no município de Paulistana, sendo a segunda maior jazida de ferro do mundo.

Teresina, fundada no ano de 1852 foi a primeira capital planejada no Brasil. Conhecida como Mesopotâmia do Nordeste por se encontrar entre dois grandes rios. O Metrô da cidade foi criado dia 15-8-1989. Os trens são novos e capacidade para transportar 800 pessoas. O fluxo médio de movimentação chega a 40 mil passageiros por dia.

Entre os homens ilustres piauienses o senador e ministro Petrônio Portella, Expedito Resende, senador Ciro Nogueira, Juarez Paulistano de Freitas, cantor Frank Aguiar e outros.

 

Antão Ouriques de Farias é escritor, historiador e pesquisador.

 
< Anterior   Próximo >
 
Top! Top!