hostconect.net
Jornal do Brás Advertisement
Início seta Notícias Jornal do Brás seta Edição 230 seta Feira da Madrugada vive tensão de novo
22-Fev-2020
 
 
Menu Principal
Início
Edições Jornal do Brás
Notícias Jornal do Brás
Expediente
Links
Contato
Procurar
A História do Jornal
Jornalista Edu Martellotta
Cadastro de Empresas
Onde estamos
Campanha de Assinaturas
Jornal "O Braz"
Aniversário do Brás
Revista O Brazinha
Edições Jornal do Belém
EDIÇÃO 381 - 2ª quinzena de fevereiro/2020
Image                                  

Jornal do Belém Ed 1 - 20/01/2020
Image
Redes Sociais
Image


Jornal do Brás

 

Image

 

Jornal do Brás

 

 

Image

 

Tarde de Chá

Estatísticas
Visitas: 7348445
Flash de Notícias

Gostaria de receber nossas novidades? cadastre-se aqui e receba o nosso newsletter, sempre ficará por dentro de tudo do nosso jornal. Agora se realmente quer novidades sobre nossas edições e atualizações de nosso site em tempo real, adcione o nosso feeds RSS no seu programa predileto de leitor de notícias.

 
Feira da Madrugada vive tensão de novo PDF
Classificação: / 0
FracoBom 
05-Jun-2013
Image

Fechada no final de abril com a informação de reforma por ato da Prefeitura em atenção a laudo do Corpo de Bombeiros, a Feira da Madrugada é, outra vez, alvo de polêmica a propósito de especulações desde a gestão Kassab.

O anúncio do fechamento provocou revolta dos 4.000 ambulantes que lá trabalham com familiares e funcionários, num total de 15.000 pessoas, agora em nova situação aflitiva pelo desalojamento.

 

Liminar Eliminada

Quando do anunciado fechamento às vésperas do Dia das Mães, isto é, dia 9 de maio, a Justiça concedeu liminar aos ambulantes. Entretanto, com a decisiva recomendação do Ministério Público com base em riscos de incêndio apontados pelo Corpo de Bombeiros, a Prefeitura conseguiu neutralizar a liminar e interditou a Feira da Madrugada, cuja reforma deverá terminar nos primeiros dias de agosto.

 

A Expectativa

“Gato escaldado tem medo de água fria”, diz o ditado. E, então, sobre ser necessária para a reforma anunciada, e, inobstante a postura séria da Administração Fernando Haddad, os 4.000 ambulantes da Feira da Madrugada voltam a viver incógnitas da prometida reabertura. Isso porque, já foram alvos várias vezes de lacração para o pseudo e faraônico mega shopping que se pretendia construir no local, abrangendo toda a área, inclusive o espaço Hortifrutigranjeiro, no Largo do Pari, também repassado pela Rede Ferroviária Federal à Prefeitura de São Paulo.

 

 

 
< Anterior   Próximo >
 
Top! Top!