hostconect.net
Jornal do Brás Advertisement
Início seta Notícias Jornal do Brás seta Edição 230 seta O Brás – Dos Tempos do Nunca Mais
26-Fev-2020
 
 
Menu Principal
Início
Edições Jornal do Brás
Notícias Jornal do Brás
Expediente
Links
Contato
Procurar
A História do Jornal
Jornalista Edu Martellotta
Cadastro de Empresas
Onde estamos
Campanha de Assinaturas
Jornal "O Braz"
Aniversário do Brás
Revista O Brazinha
Edições Jornal do Belém
EDIÇÃO 381 - 2ª quinzena de fevereiro/2020
Image                                  

Jornal do Belém Ed 1 - 20/01/2020
Image
Redes Sociais
Image


Jornal do Brás

 

Image

 

Jornal do Brás

 

 

Image

 

Tarde de Chá

Estatísticas
Visitas: 7370061
Flash de Notícias

Gostaria de receber nossas novidades? cadastre-se aqui e receba o nosso newsletter, sempre ficará por dentro de tudo do nosso jornal. Agora se realmente quer novidades sobre nossas edições e atualizações de nosso site em tempo real, adcione o nosso feeds RSS no seu programa predileto de leitor de notícias.

 
O Brás – Dos Tempos do Nunca Mais PDF
Classificação: / 0
FracoBom 
04-Jun-2013
Image


Hélio José Destro

 

Eu gosto do Brás...do antigo Brás...

que não existe...não existe mais.

Vivi no Brás...eu amo o Brás.

 

O “footing” gostoso da Celso Garcia.

As Casas Pirani e os belos natais...

vitrines enfeitadas da Eletro...Radiobrás.

 

A matinê do Universo...a namorada...

bombons, pipocas, balas e conversa fiada.

Lá no Politeama... “aquele” do Brás.

 

A missa das onze na Igreja São João...

espanholas, portuguesas, moças caseiras...

lindas...italianas e brasileiras...

Todas elas enfeitando o Brás...

 

As formaturas do Padre Anchieta,

da Santos Dumont, do Sarmiento...os bailes

no Independência.

A rapaziada nas esquinas e os bate-papos...

assuntos do dia; mulheres e samba-canção.

 

O vai e vem da Celso Garcia...

Os namoros sérios de jovens casais...

os pais tão durões...as mães e as tias

“segurando vela”...costumes de tempos atrás.

 

O bonde fechado...o bonde camarão...

passear à noite...feliz e contente,

só lá no Brás do meu coração.

No meu coração...lá no romântico Brás.

 
< Anterior   Próximo >
 
Top! Top!