hostconect.net
Jornal do Brás Advertisement
Início seta Notícias Jornal do Brás seta Edição 166 seta Um quadro da Miséria Humana
18-Fev-2020
 
 
Menu Principal
Início
Edições Jornal do Brás
Notícias Jornal do Brás
Expediente
Links
Contato
Procurar
A História do Jornal
Jornalista Edu Martellotta
Cadastro de Empresas
Onde estamos
Campanha de Assinaturas
Jornal "O Braz"
Aniversário do Brás
Revista O Brazinha
Edições Jornal do Belém
EDIÇÃO 380 - 1ª quinzena de fevereiro/2020
Image                                 

Jornal do Belém Ed 1 - 20/01/2020
Image
Redes Sociais
Image


Jornal do Brás

 

Image

 

Jornal do Brás

 

 

Image

 

Tarde de Chá

Estatísticas
Visitas: 7329467
Flash de Notícias

A partir de agora estarão disponiveis para downloads as Edições do Jornal do Brás e do Jornal do Belém em pdf, para que o internauta leia na íntegra os nossos jornais. Entre na seção de Edições Jornal do Brás e Edições Jornal do Belém do menu principal.

Caso não tenha um leitor de PDF, entre em www.adobe.com e baixe a última versão do Adobe Reader.

Webmaster

 
Um quadro da Miséria Humana PDF
Classificação: / 0
FracoBom 
10-Set-2008

Por Joaquim Cavalcanti de Oliveira Lima Neto

 

Praticamente todos os domingos do ano, vou à Feira de Artesanato da Praça da República, no Centro da cidade de São Paulo. Lá eu como cuscuz, empadas e doces.

Em seguida vou conversar com meu amigo Pai Tatá Zâmbi, o Sacerdote dos Orixás. Sou seu advogado, criminal e civil. Defendo seus interesses nesses processos. Se tivermos êxito quando transitarem e julgado vou receber algum dinheiro. Mas isso não importa, somos grandes amigos.

Quando tive uma depressão nervosa nos anos sessenta em razão de um desastre pavoroso de automóvel que fui vítima, fiz análise com o psicólogo belga doutor Leon Bonaventura e com o médico doutor Carlos Amadeu Byton que tinham sido analisados pelo próprio Jung. Quando o primeiro foi defender sua tese de doutorado sobre Santa Teresa de Ávila em Zurique me trouxe como presente um horóscopo feito pela filha de Jung que dizia que eu me curaria e teria uma vida normal.

Eu que já era místico com a chegada do horóscopo fiquei mais, pois a previsão se realizou.

Então após conversarmos sobre diversos assuntos inclusive suas ações, pai Tatá joga para mim, Búzios, Tarot, Baralho Cigano, me informando as tendências da semana do mês e do semestre. Assim eu passo uma tarde alegre.

Num domingo, recente, chovia muito e fomos conversar debaixo de uma marquise na rua Barão de Itapetininga; havia bastante gente na Praça da República como na rua que estávamos sentados, inclusive soldados da Polícia Militar que zelavam pela ordem do local. De repente vi uma senhora de uns 50 anos vindo pela rua Barão de Itapetininga em direção à Praça da República que estava totalmente nua, mas muito bem conservada. Seu corpo era bem torneado e em tudo mostrava boa saúde.

O povo olhava e nada dizia, a sensação era que tudo estava normal. Problemas maiores existiam: a violência, o desemprego, a fome, o analfabetismo, as favelas. Os próprios soldados da Polícia Militar nada faziam e ela continua seu caminho toda molhada, para algum lugar incerto e não sabido por nós. Eu também, continuei no lugar que estava conversando com o pai Tatá Zâmbi. Num mundo globalizado, é incrível que existam cenas como esta, demonstrando a insensibilidade do povo e dos militares, que tudo viam e não tomavam providências levando a senhora a algum hospital que trate de moléstias mentais.

E mais lamentável: há mais de 2.000 anos Jesus de Nazaré em uma de suas pregações disse: “Vesti os Nus”.

Nessa hora fui tomado por uma vergonha imensa por não ter feito nada e fiquei assustado com a tranqüilidade do povo paulistano que tudo assistiu e nada fez.

Passei alguns dias dormindo mal, mas tudo passa e minha vida voltou a caminhar normalmente. E os governos, municipal, estadual e federal nada fazendo para resolver tão graves problemas, desviando dinheiro para publicidade política e a população com total descrédito por seus representantes.

 

Joaquim Cavalcanti de Oliveira Lima Neto é advogado, escritor e diretor fundador do Museu do Brás.

 
< Anterior   Próximo >
 
Top! Top!