hostconect.net
Jornal do Brás Advertisement
Início seta Notícias Jornal do Brás seta Edição 180 seta Copom terá nova sede - E o CPC exibe a tecnologia da Polícia Militar
17-Fev-2020
 
 
Menu Principal
Início
Edições Jornal do Brás
Notícias Jornal do Brás
Expediente
Links
Contato
Procurar
A História do Jornal
Jornalista Edu Martellotta
Cadastro de Empresas
Onde estamos
Campanha de Assinaturas
Jornal "O Braz"
Aniversário do Brás
Revista O Brazinha
Edições Jornal do Belém
EDIÇÃO 380 - 1ª quinzena de fevereiro/2020
Image                                 

Jornal do Belém Ed 1 - 20/01/2020
Image
Redes Sociais
Image


Jornal do Brás

 

Image

 

Jornal do Brás

 

 

Image

 

Tarde de Chá

Estatísticas
Visitas: 7325533
Flash de Notícias

Caro Internauta, continuamos a disponibilizar nossas edições em PDF publicamente e para receber nossas novidades é só fazer o cadastro clicando aqui assim será sempre avisado de nossos conteúdos e eventos.

 att,

 Equipe Jornal do Brás

 
Copom terá nova sede - E o CPC exibe a tecnologia da Polícia Militar PDF
Classificação: / 3
FracoBom 
24-Mar-2011
Image

O Jornal do Brás fez uma visita ao Comando de Policiamento da Capital - CPC, da Polícia Militar, que fica na Praça Cel Fernando Prestes no bairro da Luz.

O coronel Marcos Chaves, contou, em entrevista ao Jornal do Brás, que está desde abril de 2010 no comando do CPC. Ele é oriundo do CPA/M-1, que cobre a Região Central.

Segundo Chaves, o CPC conta com o Centro de Operações da Polícia Militar – Copom (Atendimento 190). Até o segundo semestre, começa a construção de um novo prédio para o Copom da cidade, informou ele. São 15 Copoms regionais no Estado, todos interligados.

ImageTrabalham 800 policiais no Copom da Capital, composto por 75 PAs (pontos de atendimento) – são 75 policiais por turno, atendendo logo no primeiro toque, inclusive em inglês e espanhol. “O Copom recebe em torno de 35 mil ligações por dia, com pico de 50 mil”, completou o capitão Agassi.

O CPC conta ainda com 270 Câmeras de Vigilância, em convênio com a GCM, SPTrans e CET, espalhadas pelos principais locais da cidade.

 

ImageA Sala de Gerenciamento de Crises do CPC possui toda a tecnologia disponível na PM. A sala é utilizada para resolver ações mais conturbadas, como rebeliões, ou a recente greve dos professores, que desejavam invadir o Palácio do Governo. “Aqui consigo fazer videoconferência com o governador, secretário ou comandante geral da polícia. Além disso, o helicóptero com motolinks filma e transmite aqui para as nossas telas”, disse Chaves. 

 

ImageFuncionamento do policiamento

Segundo o comandante, a cidade é dividida em oito comandos metropolitanos: o CPA/M-1 (região Central), os CPAs/M-4, M-11 e M-9 que cuidam da zona leste, o CPA/M-3 (zona norte), o CPA/M-2 (região sudoeste), o CPA/M-5 (região oeste) e o CPA/M-10 (região sul). “E há ainda o comando de policiamento de trânsito. Todos são subordinados ao CPC. Aqui coordenamos todos os comandos”, contou ele.

 

 

Image

2º Grau para ingresso na PM

Ainda na entrevista, Chaves afirmou que a evolução da sociedade faz com que a PM se adapte a essas novas realidades sociais. “Para o ingresso como soldado, o concurso é bem competitivo. A grande vantagem é entrar na Escola Superior de Soldado saindo com grau superior de Tecnólogo em Segurança. E o aluno oficial que entra na Academia do Barro Branco, sai graduado em Ciências Policiais em Segurança”.

É exigido o 2º grau para o ingresso como soldado, completou Marcos Chaves.

 

Image

PM da Região

Sobre a 3ª Cia do 13º Batalhão, que atende o Brás e o Pari, Chaves informou que haverá melhor planejamento de todo o ativo operacional que ela dispõe. “Precisamos valorizar o policial que está lá. A unidade precisa de reforma, sua estrutura está deteriorada”.

Segundo Chaves, a companhia possui 18 viaturas e cerca de 40 bicicletas, cujo policiamento se encaixa muito bem na região. “O comandante da unidade, ao fazer sua reunião de planejamento, verifica os indicadores criminais e a partir daí, identifica qual tipo de policiamento que melhor se adapta àquela região, de acordo com esses indicadores e com as informações que ele traz daquela comunidade”. Atualmente a 3ª Cia é comandada pelo tenente Geraldes.

 

“Relação de ser humano com ser humano”

O comandante Chaves, que entrou em 1979 na Polícia Militar como aluno da Academia do Barro Branco, defende a seguinte teoria: “O crime só reduz porque não acontece. E não acontece porque a polícia está na rua. De nada adianta todas as políticas sociais se a polícia não estiver na rua para garantir que essas políticas sejam implementadas. Tudo o que fazemos é para ter o maior número possível de policiais possíveis atendendo a população. É ser humano se relacionando com ser humano”, disse ele, encerrando a entrevista.

 

Image

 

 

Capitão Agassi destaca 35 mil chamadas por dia

 

 

 

 

Image

 

 

Ela é soldado, de nome Betani, que atende a região Brás

 

 

 

 

 
< Anterior   Próximo >
 
Top! Top!