hostconect.net
Jornal do Brás Advertisement
Início
25-Ago-2016
 
 
Menu Principal
Início
Edições
Notícias
Expediente
Links
Contato
Procurar
A História do Jornal
Jornalista Edu Martellotta
Cadastro de Empresas
Onde estamos
Campanha de Assinaturas
Jornal "O Braz"
Revista O Brazinha
Aniversário do Brás
EDIÇÃO 301 - 2ª quinzena de agosto/2016
Image
Curta-nos, siga-nos
Image


Jornal do Brás

 

Image

 

Jornal do Brás

 

 

Image

 

 

Jornal do Brás - Comunidade

 

 

Image

 

Tarde de Chá

Login





Esqueceu a senha?
Sem conta? Criar Conta!
Estatísticas
Visitas: 1474130
Difusão de Notícias
Flash de Notícias

Gostaria de receber nossas novidades cadastre-se aqui e receba o nosso newsletter, sempre ficará por dentro de tudo do nosso jornal. Agora se realmente quer novidades sobre nossas edições e atualizações de nosso site em tempo real, adcione o nosso feeds RSS no seu programa predileto de leitor de notícias.

 
Eletropaulo Paula Souza se moderniza aos 115 anos
Classificação: / 0
22-Ago-2016


A maior, mais importante e mais antiga Subestação de Energia do Estado de São Paulo, completa este mês, 115 anos de história. É a Estação Transformadora de Distribuição – ETD Paula Souza da AES Eletropaulo, construída em 1901 e situada na rua da Cantareira, 804, que realizou evento comemorativo dia 16 de agosto último, com a presença de autoridades, contando um pouco da sua pioneira história na eletricidade. Em seguida, houve uma visita guiada aos modernos equipamentos de potência e automação, instalados este ano pela Siemens no local, com inovação e tecnologia, levando energia elétrica de qualidade à Região. O investimento soma R$ 40 milhões.

Presente no evento, o presidente da AES Eletropaulo, Charles Lenzi, disse: “A cada atualização dessa subestação, procuramos manter suas características arquitetônicas, sempre buscando o modernismo. Este é o terceiro marco, onde renovamos todos os equipamentos de automação e digitalização e implantamos um moderno sistema de comunicação por meio de cabos e fibras óticas, alimentando outras quatro subestações próximas, Cambuci, Brás e Canindé”.

 

Tempo dos alarmes

Em seguida, o vice-presidente de operações da Eletropaulo, Sidney Simonaggio, lembrou que estagiou na subestação, em 1979. “Agora a subestação conta com 16 disjuntores e cinco pares de linhas de transmissão”. Sidney lembrou que há anos atrás, o local era um grande parque industrial, onde funcionava o Centro dos Operadores. “Quando desligava uma subestação, soava um alarme, contínuo ou intermitente, dentro da sala. Hoje uma das feirinhas da madrugada acontece no terreno onde era esse centro”.

Márcio de Medeiros, ex-colaborador da Eletropaulo, trabalhou 32 anos na companhia. Ele disse na tribuna, que além da subestação, havia mais de 500 operadores, divididos em quatro equipes. “O lado humano funcionava aqui, transcendia os equipamentos e sua função elétrica. A Eletropaulo ajudou a formar pessoas com valores e com uma visão de trabalho em equipe muito forte”.

O secretário de Estado de Energia e Mineração, João Carlos de Souza Meirelles, disse que a subestação tem um vínculo particular para ele: “Frequentei as últimas turmas da Escola Politécnica aqui ao lado na av. Tiradentes, onde o fundador da Escola foi Paula Souza”. Em seguida, o secretário destacou que a Eletropaulo tem em seus planos enterrar todas as linhas de transmissão e distribuição, para maior segurança, reduzindo o número de riscos e falhas e o tempo de atendimento.

Curiosidades da Subestação Paula Souza

- O local fornecia energia para os bondes da capital;

- Há registros de que o prédio da ETD Paula Souza foi metralhado, durante a Revolução de 1932. Operadores se isolavam no local, não podiam sair e nem comer;

- Um prédio, idealizado por Ruy Othake e construído no complexo da subestação, é uma obra premiada. Foi considerada diferencial, perto dos prédios "quadrados", construídos à época;

- Por ser subterrânea, permitiu o desenvolvimento do centro da cidade. Isso, porque, caso fosse aérea, além de ter de ocupar um espaço gigante, prejudicaria a construção de outros prédios.

- O primeiro equipamento com a tecnologia GIS Blindada SF-6 foi instalado em 1.977, na própria ETD Paula Souza, ocupando uma edificação com área de cerca de 600 m².

Fonte: AES Eletropaulo.

 

Image

 

 

Vista do sul das obras na Subestação Paula Souza em 1901

Foto: Fundação Energia e Saneamento

 

 

 

 

 

 

 

 

Image

 

 

Charles Lenzi é presidente da AES Eletropaulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Image

 

 

 

Várias personalidades prestigiaram a reinauguração

 

 

 

 

 

 

Image

 

 

 

 

 

Antiga máquina de sistema de combate a incêndio (alarme)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Image

 

 

Sidney Simonaggio, vice-presidente da Eletropaulo, lembrou a época dos alarmes

 

 

 

 

 

 

 

Image

 

 

João Carlos Meirelles, secretário de Estado de Energia e Mineração

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Image

 

 

Visita guiada aos novos equipamentos da subestação

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Image

Trabalho em família

Márcio de Medeiros disse ao Jornal do Brás que seu pai, Caio Martins da Silva, começou em 1967 na subestação, como corredor de cabo ou guarda-cabo. “Ele fazia o percurso dos cabos subterrâneos para ver se havia construção em cima”. Depois, entraram seus irmãos, Otalíbio, no transporte dos caminhões e transformadores, Virgilio, na operação de subestações e Dilermando, na iluminação pública. Márcio era operador de subestações a partir de 1981 e aposentou-se em 2013. “Estamos reinaugurando novos equipamentos, mais modernos, seguros e que permitem um controle à distância (automação) melhor do que era antes, em uma área mais compacta, bem menor”, explicou ele, acrescentando que a subestação cobre Zona Cerealista, Bom Retiro, Brás e Centro Velho, até a Estação da Luz.

 

 

 

 

 

 
Chá empolga cada vez mais no Brás
Classificação: / 0
22-Ago-2016

Uma tarde qualquer é uma simples tarde. No bairro do Brás, a tarde da última 3ª feira de cada mês, muda esse conceito, com muito mais brilho.

Parece uma espécie de chamamento mágico de viva expectativa. Não há mais distância para o prazer de vir ao Brás nessa tarde especial, sentir os aromas dos tantos chás, mesclados com “não-sei-de-que” suave que fascina um suave encanto. Veja aqui um pouco desse maravilhoso evento social que se repetirá dia 30 de agosto no Clube Maria Zélia:

Cobertura

Eduardo Martellotta

Ricardo Lopes

Image

 

 

 

Assim é o público alegre da Tarde de Chá, na última 3ª feira de cada mês, desde maio de 2006

 

 

 

 

 

Image

 

 

Flores e mais Flores. É a Fruto Verde colaborando com as festas Jornal do Brás. Obrigado Ivo, obrigado Fernanda !!!

 

 

 

 

 

 

Image

 

 

Cantor sul-matogrossense, Flávio Otoni trará o Sertanejo Jovem na Tarde de Chá 30 de agosto

 

 

 

 

 

 

Image

 

 

SMA Produtos e Rotary Brás. Quatro jogos de Taças de Doce. Lindos brindes doados pelo presidente Antônio Márcio, no Chá 26 de julho

 

 

 

 

 

 

Image

 

 

A Terezinha levou um vaso da Hila no sorteio. E a Neuza da Maria Zélia ganhou o outro

 

 

 

 

 

 

 

Image

 

 

Essa Tarde de Chá é uma Felicidade. Aqui, a madrinha do evento, vereadora Edir Sales e a pastora Net Giavara

 

 

 

 

 

 

 

Image

 

 

 

Posto de Saúde da Sampson. A Dra Meire e toda moçada bonita de lá saborearam o chá com muita alegria

 

 

 

 

 

Image

 

 

 

Voz de Veludo do Brasil, Glória Meneghin é nossa grata alegria nas Tardes de Chá

 

 

 

 

 

Image

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Image

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Image

 

 

 

Em meio ao seu lindo show, Cristiano Nichelle conviveu a euforia das amigas no Chá

 

 

 

 

 

Image

 

 

Imortal Carlos Gardel. Dona Lena e o Grupo Viver de Alegria reviveram o tango de Angela Maria

 

 

 

 

 

 

Image

 

 

A Dra Alessandra Marques veio com sua mamãe e com a filha atriz mirim Amanda

 

 

 

 

 

 

Image


 

 

 

 

 

 

Image

 

 

 

Aline da Sinete Bresser fez atendimento na Tarde de Chá. Na foto nossa amiga Graziela da Vila Gustavo

 

 

 

 

 

Image


 

 

 

 

 

Image

 

 

 

Fotos lindas assim dá gosto de publicar. Venham sempre!

 

 

 

 

 

 

 

Image

 

 

 

Simone Gimenez é diretora da Mary Kay. Na foto, atende nossa Anedite, com maquiagem e penteado. Obrigado Mary Kay pelo apoio !!!

 

 

 

 

 

 

 

 

Image

 

 

Famílias de São Caetano e São Bernardo vibraram as xícaras da alegria no Chá do Cristiano Nichelle

 

 

 

 

 

 

 

Image

 

 

 

Querido Genival Costa. Ele faz sempre o show final do evento, intermediando o sorteio de brindes. Com ele a Cleide e Cileny

 

 
Brás tem livro de sua rica história
Classificação: / 0
22-Ago-2016


“Vamos falar do Brás?”. A escritora e jornalista Thais Matarazzo, fala do Brás antigo, romântico, boêmio, brejeiro. O livro da Editora Matarazzo traz em suas 260 páginas, muitas histórias e curiosidades do bairro, cantores, poetas e compositores do Brás, fotos atuais e antigas, e ainda, depoimentos de velhos e vibrantes moradores, professores e normalistas do Brás, inclusive personalidades do bairro, como Mustafá Contursi (ex-presidente do Palmeiras). O diretor do Jornal do Brás, Milton George e o editor, Eduardo Martellotta, também foram biografados no livro.

O lançamento foi na tarde do dia 13 de agosto último, primeiro com um sarau no Parque Benemérito José Brás e em seguida com os autógrafos da autora no Instituto Pró-Diversidade, à rua Campos Sales, 88.


Image

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Image

 

 

 

 

Capa do livro e a autora Thais Matarazzo

 

 

 

 

 

 

 

Image

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Image

 

 

 

O casal brasense Neide e Domingos Ciarlariello, claro, estiveram presentes no evento

 

 

 

 

 

 

Image

 

 

O professor Christian Sznick escreveu sobre as escolas do Brás no livro e a esposa Tatiana sobre morar no bairro

 

 

 

 

 

 

Image

 

 

 

Everton Calício contou a trajetória de sucesso da Família Matarazzo

 

 

 

 

 

 

 

 

Image

 

 

Marli veio do Tucuruvi para adquirir um exemplar da Editora Thais Matarazzo

 

 

 

 

 

 

 

Image

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Image

 

 

O delegado de polícia Reinaldo Sposito, que nasceu no Hospital Dom Pedro II e Domingos Zuppo, nascido em 1943 na rua Assunção, 337, lembram histórias do Velho Braz no livro de Thais

 

 

 

 

 

Image

 

 

 

Thais Matarazzo e Luciana Simões, administradora do Parque Benemérito José Brás, que também está na obra

 

 

 

 

 

 

 

Image

 

 

 

O ex-presidente do Palmeiras, Mustafá Contursi, nascido na rua Carneiro Leão, 114, com Thais Matarazzo

 

 

 
<< Início < Anterior | 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 | Próximo > Final >>

Resultados 1 - 4 de 3993
Enquete
Que lugar é o símbolo do Brás?
 
Usuários On-line
Utilidades Públicas
Fones da Região
Subprefeituras
Poupatempo
Busca CEP
Links Úteis
Parceiros

 

Bauducco

Manos Doces

Image

 Image

 

 

 

 

 

 

 
Top! Top!